Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

CPAD Jovens – 4º Trimestre de 2018 – 16-12-2018 – Lição 11: Sinais e prodígios confirmam a pregação do evangelho

14/12/2018

Este post é assinado por Rafael Cruz

Texto do dia

Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus Nazareno, varão aprovado por Deus entre vós com maravilhas, prodígios e sinais, que Deus por ele fez no meio de vós, como vós bem sabeis.

Atos 2.22

Texto bíblico

Atos 4.26-31

26 Levantaram-se os reis da terra, e os príncipes se ajuntaram à uma contra o Senhor e contra o seu Ungido.

27 Porque, verdadeiramente, contra o teu santo Filho Jesus, que tu ungiste, se ajuntaram, não só Herodes, mas Pôncio Pilatos, com os gentios e os povos de Israel,

28 para fazerem tudo o que a tua mão e o teu conselho tinham anteriormente determinado que se havia de fazer.

29 Agora, pois, ó Senhor, olha para as suas ameaças e concede aos teus servos que falem com toda a ousadia a tua palavra,

30 enquanto estendes a mão para curar, e para que se façam sinais e prodígios pelo nome do teu santo Filho Jesus.

31 E, tendo eles orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.

 

Atos 9.36-42

36 E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que, traduzido, se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia.

37 E aconteceu, naqueles dias, que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, a depositaram num quarto alto.

38 E, como Lida era perto de Jope, ouvindo os discípulos que Pedro estava ali, lhe mandaram dois varões, rogando-lhe que não se demorasse em vir ter com eles.

39 E, levantando-se Pedro, foi com eles. Quando chegou, o levaram ao quarto alto, e todas as viúvas o rodearam, chorando e mostrando as túnicas e vestes que Dorcas fizera quando estava com elas.

40 Mas Pedro, fazendo-as sair a todas, pôs-se de joelhos e orou; e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. E ela abriu os olhos e, vendo a Pedro, assentou-se.

41 E ele, dando-lhe a mão, a levantou e, chamando os santos e as viúvas, apresentou-lha viva.

42 E foi isto notório por toda a Jôpe, e muitos creram no Senhor.

INTRODUÇÃO

A Paz do Senhor querido leitor do nosso blog!

No livro de Atos encontramos muitos milagres e maravilhas. Os milagres contribuíram para que muitos recebessem, de bom grado, a palavra pregada pelos apóstolos, entregando suas vidas a Cristo. Os irmãos da Igreja Primitiva não usaram os milagres para ficarem famosos ou ricos. A glória e a honra eram dadas a Jesus. O nome do Mestre era glorificado e a cada dia mais e mais pessoas rendiam-se a Jesus Cristo, experimentando o maior de todos os milagres, a salvação.

Por que os sinais e maravilhas eram tão comuns à Igreja Primitiva? Qual o segredo daqueles cristãos? Não havia segredo algum. Havia uma obediência amorosa e consciente à Grande Comissão que o Senhor Jesus confiou aos seus discípulos. Quanto mais evangelizavam e faziam missões, mais o Cristo neles operava por intermédio do Espírito Santo.

O mesmo não ocorre hoje com as igrejas que levam a sério o imperioso “ide” de Cristo? Leia com atenção os últimos versículos do Evangelho de Marcos e constate, em nossa própria realidade, o cumprimento pleno desta promessa: “E estes sinais seguirão aos que creem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão” (Mc 16.17,18).

I – SINAIS E PRODÍGIOS CONFIRMAM O MINISTÉRIO DE JESUS 

1 – Definindo os termos sinais e maravilhas

O Novo Testamento emprega quatro palavras gregas para descrever as obras milagrosas de JESUS e dos apóstolos: teras, semeion, ergon e dynamis. O primeiro, teras, significa “maravilhas” e faz alusão ao caráter extraordinário do milagre (Jo 4.48; At 14.3). O segundo, semeion, ou “sinal”, indica a imediata conexão com o mundo espiritual, simbolizando a verdade celestial (Mt 16.3; 24.3,30). O terceiro, ergon, literalmente “trabalho”, se refere aos feitos miraculosos realizados por JESUS (Mt 11.2; Jo 7.3). O quarto, dynamis, isto é, “poder”, “prodígio”, descreve o exercício do poder divino e demonstra o fato de que forças espirituais se introduziram e estão trabalhando neste mundo (Mt 11.20; Mc 6.5). 

Atos 2.22 traz três desses termos: “JESUS, o Nazareno, varão aprovado por DEUS diante de vós com ‘milagres’ [dynamis], ‘prodígios’ [teras] e sinais [semeion], os quais o próprio DEUS realizou por intermédio dele entre vós” (ARA).

Durante seu ministério, JESUS operou vários milagres, mostrando assim seu poder sobre a doença, a natureza e até mesmo sobre a morte.

É importante notar que em nenhum momento JESUS usou seus poderes para benefício próprio. Nem ao ficar quarenta dias em jejum, quando foi levado ao deserto para ser tentado por Satanás (Mateus 4:1-11). Sem dúvida alguma, os milagres relatados na Bíblia não representam a totalidade de maravilhas que JESUS realizou durante seus 3 anos e meio de pregação do Reino de DEUS.

Como é dito pelo apóstolo João: JESUS, na verdade, operou na presença de seus discípulos ainda muitos outros sinais que não estão escritos neste livro; estes, porém, estão escritos para que creiais que JESUS é o CRISTO, o Filho de DEUS, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.” (João 20:30-31)

2 – Sinais e prodígios na história de Israel

No Antigo Testamento, temos no original hebraico a palavra môphet (מןפת), “algo admirável”, “uma demonstração do poder de DEUS”, para a demonstração de sinais e maravilhas.

Podemos relacionar aproximadamente 67 sinais e maravilhas. Podemos citar outros além dos já citados na lição:

  • Gênesis 11.6-9: Confusão das línguas na Torre de Babel
  • Gênesis 19.1-11: Destruição de Sodoma e Gomorra
  • Êxodo 3.1-6: A sarça ardente
  • Levítico 10.1-2: Fogo de Deus que consumiu os filhos de Eli
  • 1 Reis 13.1-6: Mão de Jeroboão fica seca
  • 2 Reis 1.1-18: Elias pede fogo do céu
  • 2 Crônicas 7.1-3: Salomão ora e fogo do céu é derramado no altar
  • Daniel 3.19-30: Os 3 jovens na fornalha ardente

3 – Por que Jesus operou sinais e prodígios?

Por Rafael Cruz

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada