Buscar esboços

Nossos Esboços

CPAD Adultos – 4º Trimestre de 2017 – 31/12/2017 – Lição 14: Vivendo com a mente de Cristo

26/12/2017

Este post é assinado por: Pastor Eliel Goulart 

Texto Áureo

  • “Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.” – I Coríntios 2.16

Verdade Prática

  • Diante de um mundo marcado pelos dias maus, não podemos viver sem ter a mente de Cristo.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

  • I Coríntios 2.12 a 16
    12 Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.
    13 As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.
    14 Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
    15 Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.
    16 Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

INTRODUÇÃO

Comentário do Blog

Paz do Senhor!

A edição utilizada para os comentários desta Lição 14, é sempre a Almeida Revista e Corrigida. Quando usada outra, mencionaremos a edição referida.

Chegamos ao final de mais um ano de Escola Dominical, e estamos agradecidos ao Senhor por todas as bênçãos. Maravilhosas são as obras do Senhor, maravilhoso é o Seu Nome, maravilhosa é a Sua Palavra!

Prossigamos para o Alvo!

Nesta lição 14, o comentarista enfatiza a verdade de que somos estrangeiros nesta terra, somos forasteiros, somos peregrinos em terra estranha.

Vivemos aqui com a mente de lá! Aleluia!

A mente seleciona as decisões que afetam nossa vida. Mas, sabemos que forças demoníacas tentam atingir a nossa mente. A mente determina o que sentimos. Precisamos proteger a nossa mente com a Palavra de Deus, que opera em nós a mente de Cristo.

  • Isaías 26.3 – “Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti.”

Quando temos a mente firme em Cristo, ampliamos nossa convicção na Palavra de Deus, transformações são operadas em nós, nossa saúde melhora.

  • Filipenses 4.8 e 9 – “Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei, e o Deus de paz será convosco.”

Quando temos a mente de Cristo:

  • 1 –  vivemos na perspectiva da eternidade;
  • 2 –  nossos valores mudam;
  • 3 –  nossas prioridades mudam;
  • 4 – pensamos nas coisas que são do Alto.
  • Filipenses 3.7 – Bíblia Viva – “Entretanto, todas estas coisas que eu antigamente julgava muito valiosas, agora, lancei-as todas fora, a fim de poder pôr minha confiança e esperança somente em Cristo.”

As coisas que nós antigamente julgávamos muito valiosas, certamente são as mesmas que o mundo valoriza: o amor ao dinheiro, a maneira de aproveitar o tempo, a busca da fama, da riqueza e dos prazeres. Até sofríamos buscando estar atualizados com as tendências de modas, repetindo o que a maioria do mundo fazia…, mas com a mente de Cristo, nossos valores são transformados: não damos importância a nenhum item desta lista mundana!

Quando temos a mente de Cristo, sabemos que a morte não é o fim de todas as coisas!

A mente do mundo dá ao mundano um raciocínio de curto prazo. Do aqui e agora.

A mente de Cristo dá ao crente a visão da eternidade no Céu, e ao seu coração o valor da eternidade com Cristo.

Matthew Henry: “É necessário que o assunto de cada dia seja preparar-se para o nosso último dia.”

I – PEREGRINOS NESTA TERRA

1 – Peregrinos na terra

Comentário do Blog

  • I Pedro 2.11 – “Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências carnais, que combatem contra a alma.”

Forasteiro é o habitante temporário. A palavra grega aqui é o adjetivo  paroikos. Ocorre quatro vezes no Novo Testamento. Formada pelo antepositivo para, “perto ao lado”, mais oikos, “casa”. Alguém que vive perto de outros como morador temporário. ( Strong ).

A nossa pátria é o céu. Vivemos na terra como estrangeiros, somos estranhos a este lugar.

Peregrino, do adjetivo grego parepidemos. Um estrangeiro, ou, literalmente, alguém que está passando, mas ainda tem um relacionamento com as pessoas moradoras do local. Observe o prefixo para, “próximo e ao lado”. Porém, é um relacionamento temporário, e ativo em razão das circunstâncias. Ocorre três vezes no Novo Testamento.

  • Hebreus 11. 8 a 10 – “Pela fé, Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. Pela fé, habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus.”

O patriarca Abraão é exemplo dos fiéis de uma vida de peregrino e de forasteiro.

Como se identifica um peregrino e forasteiro estranho a este mundo?

  • 1 – pelas coisas das quais ele desiste;
  • 2 – pelo que ele suporta;
  • 3 – pela maneira como vive.

Observe a Abraão.

As coisas que ele abandonou. Certamente aos olhos dos vizinhos, de seus conhecidos com os quais negociava, foi uma estranha e absurda decisão fantasiosa. Hebreus 11.10 responde aos perplexos pela sua decisão: “Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus.”

Assim, Abraão:

  • 1 – desistiu do mundo;
  • 2 – suportou as dificuldades;
  • 3 – viveu pela fé.

Comparemos com a nossa própria vida de crentes em Jesus Cristo, aplicando estes princípios para avaliarmos se estamos a viver como peregrinos e forasteiros. Quais as coisas ao redor de nós que nos atrai? Quais as seduções pecaminosas ao redor pelas quais nos inclinamos? Para alguns, o sucesso é o seu mundo. Para outros, um conjunto de circunstâncias relacionadas à sua religião é o seu mundo. Para muitos, a internet tem sido o seu mundo, diante da qual passam-se horas maçantes da vida. O pregador batista norte americano, John Piper, disse algo sobre isso, que vou contextualizar aqui: “Uma das maiores utilidades das redes sociais será a de provar no Último Dia que a falta de oração não era por falta de tempo.”

O peregrino e forasteiro deve, como o crente Abraão, sair do mundo e abandonar as coisas do mundo.

O peregrino tem outra cidadania, noutra cidade que tem fundamentos.

Fundamento de imortalidade de seus habitantes. Fundamento de bem-aventurança permanente. Fundamento do poder de Deus, que é o Seu construtor.

Abraão é o único na Bíblia de quem Deus assim disse: “Abraão, meu amigo.” Isaías 41.8. E relembrado por Tiago, em sua carta universal, capítulo 2.23 – “…e foi chamado o amigo de Deus.”

O peregrino e forasteiro é inimigo do mundo e amigo de Deus. Através do exemplo do peregrino e forasteiro Abraão, aprendemos pelo menos três virtudes qualificadoras para ser “amigo de Deus”:

  • 1 – fé;
  • 2 – obediência;
  • 3 – temor de Deus.

Ilustração que nos ajuda a refletir sobre a vida de peregrinação do crente – Um casal de missionários regressava para casa após cinquenta anos servindo noutro país. Durante a viagem, comentavam entre si, como seriam recebidos por seus familiares, seus amigos e irmãos da igreja. Certamente com festa e menções honrosas. Quando o navio se aproximava do porto, eles viram à distância bandeiras, banda e o que aparentava ser uma festa preparada. Animados com esta visão, pensaram: “Maravilha! Eles prepararam uma recepção especial para nos receber de volta em casa!”

Como viajavam de terceira classe, foram dos últimos a saírem do navio. E não havia mais banda, os papéis coloridos estavam espalhados pelo chão e a multidão não estava lá. Ninguém para os receber de volta. Concluíram que a festa tinha outra motivação. E foram para casa, cansados e frustrados. Ninguém veio para os recepcionar. Nem no porto, nem na casa. O marido, sentiu-se revoltado e avisou à esposa que sairia para passear pelas redondezas, e antes falou com ela: “Vou dar uma volta por aí! Pergunta ao seu Deus se é assim que somos recebidos em casa, depois de cinquenta anos de ministério missionário!” Então, aquele missionário tão amargurado, andou pelas ruas e, ao voltar, encontrou a esposa na cozinha, em alguma atividade doméstica, e perguntou com ironia: “E então? Perguntou ao seu Deus se é assim que somos recebidos de volta para casa, depois de cinquenta anos de renúncia?” E a esposa, impassível, respondeu: “Sim, eu perguntei…” “E o que Deus disse?” Replicou o marido com ironia. E a mulher respondeu com firmeza: “Deus disse que nós ainda não chegamos em casa.”

Pastor Eliel Goulart

COMUNICADO IMPORTANTE

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

CLIQUE AQUI para continuar estudando a lição conosco…

 

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e ainda continuar estudando a lição conosco…

Decidimos unir o Ensino com Missões e assim, alavancar recursos financeiros para contribuir com esses projetos.

Cada um de nós poderemos contribuir com o site ebdcomentada.com e com as obras de missões citadas, realizando o cadastro como assinante e escolhendo o plano que achar conveniente.

Optamos por oferecer valores acessíveis para que todos continuem a desfrutar dos nossos esboços e ao mesmo tempo AJUDAR a obra missionária, portanto a EBD Comentada, juntamente com você estará ao mesmo tempo ENSINANDO e FAZENDO MISSÕES.

Contamos com a ajuda de todos para mantermos este trabalho que tem auxiliado milhares de professores no Brasil e no mundo.

“Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mt 28.19 – ARC).

Qualquer dúvida referente aos planos ou mesmo depois de adquiri-lo, surgir algum problema, entre em contato conosco (contato@ebdcomentada.com.br)

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

  • Marcello disse:

    Parabéns, que Deus continue Abençoando você e sua Família.

    1. Cláudio Roberto disse:

      Paz do Senhor irmão Marcello

      Ficamos bastante alegres pelo comentário e recebemos a benção declarada!

      Desejamos ao irmão que em tudo seja abençoado.

      Também estamos orando de segunda a sexta a partir das 22:00 por todos os nossos assinantes, suas vidas, famílias, classes e ministérios!

      Em Cristo,
      Irmão Cláudio Roberto de Souza
      Equipe EBD Comentada

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada