Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

CPAD Adultos – 3º Trimestre de 2019 – 04-08-2019 – Lição 5: A mordomia da igreja local

30/07/2019

Esse post é assinado por Eliel Goulart

Texto Áureo

“Escrevo-te estas coisas (…) para que saibas como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade.” I Timóteo 3.14,15

Verdade Prática

O cristão deve valorizar a igreja local como ambiente de adoração, comunhão e serviço ao Reino de Deus.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Atos 9.31; I Coríntios 1.1,2; Hebreus 10.24,25

Atos 9

31 – Assim, pois, as igrejas em toda a Judéia, e Galiléia, e Samaria tinham paz e eram edificadas; e se multiplicavam, andando no temor do Senhor e na consolação do Espírito Santo.

I Coríntios

1 – Paulo (chamado apostolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus) e o irmão Sóstenes,

2 – à igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso.

Hebreus 10

24 – E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras.

25 – não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns; antes, admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais quanto vedes que se vai aproximando aquele Dia.

INTRODUÇÃO

A paz do Senhor!

Todos os versículos citados são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra versão, a mesma é mencionada.

A ´igreja local´ é a congregação inserida numa localidade, a assembleia dos santos, moradores duma comunidade, num lugar específico.

Ela está incluída na ´igreja universal´. Por exemplo, Paulo referiu-se à igreja universal quando escreveu aos Efésios 5.223 – “…Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo.”  Por outro modo, Paulo refere-se à igreja local quando escreveu aos Romanos 16.5 – “Saudai também a igreja que está em sua casa.” (na casa de Priscila e Áquila).

A comunhão, a convivência, a participação na igreja local é uma dádiva de Deus para nós, e a nossa responsabilidade para com ela faz parte da mordomia cristã.

Três características da igreja local:

1 – União – Atos 2.44 – “E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.”

2 – Comunhão – Atos 2.45 – “E, perseverando unânimes todos os dias no templo e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração.”

3 – Missão – Atos 2.46 – “Louvando a Deus e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.”  

I – A MORDOMIA DOS BENS ESPIRITUAIS

1 – A mordomia e a valorização da Palavra de Deus

Salmo 138.2b – “…pois magnificaste acima de tudo o teu nome e a tua palavra.”         (Almeida Revista e Atualizada).

Um dos objetivos da Pregação da Palavra é a de conduzir o ouvinte a adorar a Deus e glorificar o Seu Nome. A Palavra de Deus, reconhecida como a parte principal da liturgia de nossos cultos, é essencial para que o nome do Senhor Jesus seja exaltado.

Dar-lhe tempo e lugar menor no culto que prestamos é uma das maneiras de desprezá-la. “Portanto, quem despreza isto não despreza ao homem, mas, sim, a Deus, que nos deu também o seu Espírito.” – I Tessalonicenses 4.8.

Os crentes, devemos sempre ter em mente e no coração, que a soberania de Deus escolheu a pregação da Palavra como o meio de as pessoas terem conhecimento da vontade revelada de Deus, terem as vidas transformadas e a igreja local ser edificada, conservando a sã doutrina.

Romanos 10.17 – “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.”

II Timóteo 1.13a – “Conserva o modelo das sãs palavras…”

A pregação da Palavra de Deus tem a centralidade nos cultos dos quais o amado irmão participa?

“No princípio era o Verbo” – João 1.1. Não era a música, nem os eventos (que se multiplicam entre nós), a solenidade e suas homenagens (que se multiplicam!), a teatralização, as invencionices nos cultos que vão substituindo gradativamente o tempo e a primazia da pregação ou do ensino da Palavra de Deus. Ore ao Senhor sobre este seríssimo tema.

O nosso Deus relaciona a Palavra com o próprio Senhor Jesus. Então, o que é a Palavra para o crente temente?

1 – Mel que deleita – Salmo 119.103;

2 – Pão que alimenta – Deuteronômio 8.3;

3 – Semente que frutifica – Lucas 8.11;

4 – Poder que sara – Salmo 107.20;

5 – Luz que ilumina – Salmo 119.105;

6 – Fogo que purifica – Jeremias 23.29;

7 – Espada que penetra – Hebreus 4.12.

2 – A mordomia na evangelização e no discipulado

Romanos 10.13 a 15 – “Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem não ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam a paz, dos que anunciam coisas boas!”

Os pregadores do passado enfatizavam sempre as duas missões específicas da Igreja:

1 – salvar o que se perdeu;

2 – conservar o que já está salvo.

A igreja é a agência de Deus para a evangelização do mundo. Os irmãos em Cristo, que congregamos na igreja local, somos responsáveis pelos moradores locais, e do tempo em que ali moramos.

As nossas vidas tocam outras vidas, é sempre mais excelente compartilhar a Cristo – o Sol da Justiça – com elas, e contar as demais coisas ao Senhor em oração.

Estima-se que mais de dois bilhões e quinhentos milhões de pessoas no Mundo ainda não ouviram a Pregação do Evangelho que liberta! E uma destas pessoas pode estar vivendo perto do irmão e da irmã.

Existem por volta de 192 nações no Mundo. Mais de 12.500 grupos étnicos. 6.528 línguas gerais. De todos os mais de 7 bilhões de habitantes, mais de 1 bilhão são analfabetos, mais de 1,3 bilhão estão em situação de miserabilidade, e somente serão salvas de ouvirem a pregação da Palavra!

A evangelização do Mundo não depende somente de você, mas depende de você! As agências de evangelismo e missões, estimam que haja sete não crente para cada um crente. Portanto, (alerta: a questão não é meramente matemática) se cada crente pregar a sete pessoas, estará cumprindo bem o IDE do Senhor Jesus!

Marcos 16.20 – “E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes…” Você tem pregado por “todas as partes (lugares)”? Aos vizinhos, na fila do supermercado, na escola, no trabalho, nos negócios, no escritório, na sala de espera do atendimento de saúde, pela internet?

Depois que o novo convertido entra na vida da Igreja, ele precisa entender pela Bíblia, que esta foi a mais significativa decisão de sua vida!

Aceitar ao Senhor Jesus como Salvador é decisão que altera a sua vida no tempo e na eternidade.

Porém, sabemos que o novo convertido é como uma graminha verde. Tão frágil. O discipulado é como pôr uma placa neste gramado: “Não pise na grama.” 

Tudo que é de Deus tem crescimento. Primeiro o Senhor criou a relva verde, depois os arbustos, e em seguida as árvores frutíferas. E este crescimento vem pela Palavra de Deus ministrada ao novo discípulo de Jesus.

Discipular é cuidar com a Palavra de Deus. Há pontos importantes a serem ensinados, e isto é sempre melhor quando outro crente se põe ao lado, nos primeiros passos:

1 – sobre o perdão dos pecados;

2 – sobre o ser nova criatura em Cristo;

3 – sobre o amor incondicional de Deus para conosco;

4 – sobre o poder do Espírito Santo para viver uma vida vitoriosa;

5 – sobre a garantia de que é filho de Deus – “Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus.”  – Romanos 8.14.

E além das que o novo convertido deve saber, ele precisa de instrução espiritual sobre as coisas que deve fazer e as coisas que pode ter andando em Cristo!

Quando Priscila e Áquila ouviram e viram o ânimo de Apolo falando de Cristo, “o levaram consigo e lhe declararam mais pontualmente o caminho de Deus.” – Atos 18.26.

Que o Senhor Jesus desperte ao professor e aluno para ser um crente que cuida do novo convertido!

3 – A mordomia no uso dos dons espirituais

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada