Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

CPAD Adultos – 3º Trimestre de 2018 – 22/07/2018 – Lição 4: A Função Social dos Sacerdotes

16/07/2018

Este post é assinado pelo pastor Eliel Goulart

Texto Áureo

“E (Jesus) ordenou-lhe que a ninguém o dissesse. Mas disse-lhe: Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés determinou, para que lhes sirva de testemunho.” – Lucas 5.14

Verdade Prática

As funções do sacerdote iam além da liturgia; sua principal obrigação era zelar pela santidade e pureza do povo de Deus.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Levítico 13.1-6

1 Falou mais o Senhor a Moisés e a Arão, dizendo: 

2 O homem, quando na pele da sua carne houver inchação, ou pústula, ou empola branca, que estiver na pele de sua carne como praga de lepra, então, será levado a Arão, o sacerdote, ou a um de seus filhos, os sacerdotes. 

3 E o sacerdote examinará a praga na pele da carne; se o pelo na praga se tornou branco, e a praga parecer mais profunda do que a pele da sua carne, praga da lepra é; o sacerdote, vendo-o, o declarará imundo. 

4 Mas, se a empola na pele de sua carne for branca, e não parecer mais profunda do que a pele, e o pelo não se tornou branco, então, o sacerdote encerrará o que tem a praga por sete dias. 

5 E, ao sétimo dia, o sacerdote o examinará; e eis que, se a praga, ao seu parecer, parou, e a praga na pele se não estendeu, então, o sacerdote o encerrará por outros sete dias. 

6 E o sacerdote, ao sétimo dia, o examinará outra vez; e eis que, se a praga se recolheu, e a praga na pele se não estendeu, então, o sacerdote o declarará limpo: apostema é; e lavará as suas vestes e será limpo. 

INTRODUÇÃO

Paz do Senhor!

Todos os versículos citados são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra edição, a tradução é mencionada.

Antes dos comentários nesta Introdução, vamos dar os significados de algumas palavras da Leitura Bíblica em Classe, de Levítico 13.1 a 6.

No versículo 2:

Pústula – trata-se de um pequeno tumor na pele. Uma bolha.

Empola – mancha.

No versículo 6:

Apostema – um abscesso. Uma acumulação de pus. Uma erupção.

Os sacerdotes tinham multiformas de servir.
Tinham obrigações:

1 – Rituais;

2 – Sociais;

3 – Espirituais;

4 – Legais.

Eles cuidavam de tarefas como queimar incenso, cuidar e aprontar o pão e as ofertas sacrificiais. Eles tinham a tarefa de “administrar o ministério do tabernáculo.” – Números 3.8.

Instruíam aos israelitas acerca da Lei de Deus. Inspecionavam os impuros, especialmente os leprosos. Esta inspeção era um diagnóstico, um exame clínico para ver se havia males de saúde que trazia impureza cerimonial – Levítico capítulos 13 e 14.

Os judeus os procuravam para consultas jurídicas, pois Deus disse: “te anunciarão a palavra que for do juízo.” – Deuteronômio 17.9. 

No tempo de guerra, quando Israel saía a pelejar, o sacerdote se punha à frente do exército e o incentivava a confiar em Deus:

“Ouve, ó Israel, hoje vos achegais à peleja contra os vossos inimigos; que se não amoleça o vosso coração; não temais, nem tremais, nem vos aterrorizeis diante deles, pois o Senhor, vosso Deus, é o que vai convosco, a pelejar contra os vossos inimigos, para salvar-vos.” – Deuteronômio 20.3 e 4.

Os levitas estavam espalhados pelo território de Israel, como “sal da terra” e “luz do mundo” entre eles. Proclamando a doutrina, o ordeno espiritual, relembrando que Israel era diferente de outros povos, com elevado padrão moral e um viver com dieta e regras sanitárias sadias.

Há lições espirituais profundas para nós, os crentes desta Dispensação da Graça. Que o Espírito Santo nos dê revelação para vivermos em conformidade com o chamado à santidade.

Romanos 15.4 – “Porque tudo o que dantes foi escrito para nosso ensino foi escrito, para que, pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança.”

I – FUNÇÕES CLÍNICAS

1 – A inspeção da lepra

Levítico 12.2 –O homem, quando na pele da sua carne houver inchação, ou pústula, ou empola branca, que estiver na pele de sua carne como praga de lepra, então, será levado a Arão, o sacerdote, ou a um de seus filhos, os sacerdotes.”

O leproso era extremamente repugnante. Por mais temeroso que a lepra pareça ser, ela ainda é um símbolo muito fraco da repugnância do pecado.

Além do leproso ser repugnante, era corrompido em todos os seus atos. Se ele bebesse de um vaso, o vaso estava contaminado, por causa do aspecto contagioso da doença. Se ele se deitasse numa cama, a cama se tornava impura, e quem se assentasse na cama após o leproso ter nela se deitado, este também se tornaria impuro. Isso era, de fato, muito humilhante. Relembremos que todos os atos do homem natural e carnal, são contaminados pelo pecado.

Por causa desse aspecto contagioso, o leproso era excluído da sociedade de Israel. Eram proibidos de beber de uma corrente d´água que outros poderiam vir a beber. Viviam longe de seus familiares e dos amigos. Excluídos dos prazeres mais singelos da sociedade. Outra figura do pecado temos aqui: mortos para as relações sociais, bem retrata o pecador em relação ao povo santo do Senhor.

O leproso não subia à Casa do Senhor para oferecer sacrifícios. Não participava das coisas sagradas de Israel e nem das ordenanças do Tabernáculo. Excluído da sociedade e excluído de Deus. O pecado deveria causar-nos muita repugnância, pois o pecador cheio de culpa está excluído da comunhão com Deus.

Portanto, a lepra era uma doença especial naquele tempo. Era, na maioria dos casos, incurável. Por isso, exigia a separação.

Mateus 10.8 – “Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai.”

“De graça recebestes.” Sim, nós recebemos de graça:

1 – A salvação pessoal;

2 – A graça abundante;

3 – As riquezas celestiais.

“De graça dai”. Eis nossa obrigação em pregar o Evangelho aos pecadores, por mais repugnantes que sejam seus atos pecaminosos. Medite no que o crente tem para dar:

1 – Seu amor;

2 – Seu testemunho;

3 – Seus recursos;

4 – Suas orações;

5 – A si mesmo!

Um médico cristão foi trabalhar como missionário na Índia. A ele foi trazido um leproso, e ao se aproximar, o médico o tocou em seu braço. O indiano leproso começou a chorar. E chorava muito.

Receoso de ter feito algum gesto ou falado algo que tivesse causado esta reação, o médico perguntou ao intérprete: “Por que ele está chorando? Eu fiz algo que o ofendeu tanto?” Após conversar com o doente, e esclareceu ao médico crente: “Ele está chorando, porque o senhor foi o único que, depois de muitos anos, o tocou e fez isso com carinho.”

Ao pecador contagiado pela lepra do pecado, devemos mesmo tocá-lo com o poder do Evangelho. E isso livremente, pois livremente o recebemos. “De graça dai”. Dar é um ato:

1 – De consagração;

2 – De graça;

3 – De comunhão;

4 – De privilégio.

2 – A Inspeção clínica

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo CLIQUE AQUI

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada