Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

CPAD Adultos – 3º Trimestre de 2018 – 02-09-2018 – Lição 10: Ofertas Pacíficas para um Deus de Paz

30/08/2018

Esse post é assinado por Eliel Goulart

Texto Áureo

“Portanto, ofereçamos sempre, por ele, a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome.” – Hebreus 13.15

Verdade Prática

O crente oferece sacrifícios pacíficos a Deus quando pratica e semeia a paz do Senhor Jesus Cristo no poder do Espírito Santo.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Levítico 7.11 a 21

11 – E esta é a lei do sacrifício pacífico que se oferecerá ao SENHOR.

12 – Se o oferecer por oferta de louvores, com o sacrifício de louvores, oferecerá bolos asmos amassados com azeite e coscorões asmos amassados com azeite; e os bolos amassados com azeite serão fritos, de flor de farinha.

13 – Com os bolos oferecerá pão levedado como sua oferta, com o sacrifício de louvores da sua oferta pacífica.

14 – E de toda oferta oferecerá um deles por oferta alçada ao SENHOR, que será do sacerdote que espargir o sangue da oferta pacífica.

15 – Mas a carne do sacrifício de louvores da sua oferta pacífica se comerá no dia do seu oferecimento; nada se deixará dela até à manhã.

16 – E, se o sacrifício da sua oferta for voto ou oferta voluntária, no dia em que oferecer o seu sacrifício se comerá; e o que dele ficar também se comerá no dia seguinte.

17 – E o que ainda ficar da carne do sacrifício ao terceiro dia será queimado no fogo.

18 – Porque, se da carne do seu sacrifício pacífico se comer ao terceiro dia, aquele que a ofereceu não será aceito, nem lhe será imputado; coisa abominável será, e a pessoa que comer dela levará a sua iniquidade.

19 – E a carne que tocar alguma coisa imunda não se comerá; com fogo será queimada; mas da outra carne qualquer que estiver limpo comerá dela.

20 – Porém, se alguma pessoa comer a carne do sacrifício pacífico, que é do SENHOR, tendo ela sobre si a sua imundícia, aquela pessoa será extirpada dos seus povos.

21 – E, se uma pessoa tocar alguma coisa imunda, como imundícia de homem, ou gado imundo, ou qualquer abominação imunda, e comer da carne do sacrifício pacífico, que é do SENHOR, aquela pessoa será extirpada dos seus povos.

INTRODUÇÃO

Paz do Senhor!

Todas as citações bíblicas são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra edição, a mesma é mencionada.

Continuando o estudo geral do livro de Levítico, aprenderemos sobre as ofertas pacíficas.

São três as características das ofertas pacíficas, em devoção a Deus:

1 – adoração;

2 – gratidão;

3 – louvor.

Adoração a Deus, porque Ele é o Senhor.

Gratidão a Deus, por todos os benefícios alcançados.

Louvor a Deus, pela bênção da comunhão.

Numa oferta voluntária com tais características, nenhuma petição há e nenhuma súplica. Toda ela é adoração, gratidão e louvor.

Salmo 103.1 e 2 – Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios.”

Tudo é dirigido a Deus e para Ele.

Podemos bendizer a Deus por Seus benefícios, bondade e misericórdia. Mas, voluntariamente, somente uma alma santa pode bendizer a Deus por Sua santidade!

Tendo comunhão com o Senhor, somente uma alma justa e santa, deleita-se, não somente nos atos graciosos de nosso Deus, mas em Seu caráter perfeito.

I – A EXCELÊNCIA DA OFERTA PACÍFICA

1 – Oferta pacífica

A excelência da oferta pacífica está, por primeiro, na revelação de que o homem foi criado para ter comunhão com o Senhor, o seu bendito Criador, com gratidão, adoração e louvor.

São quatro termos: “ofertas pacíficas”, “ofertas de paz”, “sacrifícios pacíficos”, “sacrifícios de paz”.

É por demais conhecido de quem ama estudar a Bíblia, que a palavra paz em hebraico é shalom, com algumas acepções de significado:

– integridade;

– bem-estar, prosperidade;

– completude (estar completo);

– estar em contentamento;

– paz.

Paz, sobretudo, para com Deus, numa relação de aliança. Brown-Drive-Brigss relacionam sete acepções. Prevalecendo a definição de “paz”.

Oferta pacífica fala de relacionamento completo com Deus, em comunhão plena, em paz com o Seu bendito Criador.

Nesta Dispensação da Graça, o crente goza de paz com Deus e com a Sua igreja. E assim, estando nesta comunhão, alcançada pelo sangue de Cristo:

Efésios 2.12 –Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.”

O sangue de Jesus tem poder aproximador.

Antes, nós estávamos longe de Deus. Mas, por Cristo Jesus, nós somos trazidos para a comunhão, para perto, podemos aproximar-nos com confiança, pela obra expiatória consumada com o Seu próprio sangue.

Hoje, temos a natureza divina. Fomos despojados da velha natureza adâmica.

II Pedro 1.4 – Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que, pela concupiscência, há no mundo.”

Jesus Cristo, o Senhor, é a nossa paz!

Levítico 7.12 – Se o oferecer por oferta de louvores, com o sacrifício de louvores, oferecerá bolos asmos amassados com azeite e coscorões asmos amassados com azeite; e os bolos amassados com azeite serão fritos, de flor de farinha.”

Coscorões – Almeida Revista e Corrigida.

Obreias – Almeida Revista e Atualizada.

Bolachas doces sem fermento – Bíblia Viva

Hebraico raqiq – bolos finos. Bolo redondo e fino de pão, sempre sem fermento. (Strong).

Farinha – matéria prima do pão. Pão é o alimento símbolo de todos os alimentos. Símbolo de Jesus Cristo:

João 6.35 – “E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome.”

E tanto mais, é símbolo excelente da Palavra de Deus – Mateus 4.4. Não há comunhão com o Senhor, sem a Sua Palavra.

João 6.57 – “Assim quem de mim se alimenta também viverá por mim.”

Azeite – a farinha era misturada com azeite. Um dos símbolos, senão o principal, do Espírito Santo. É impossível ter comunhão com Deus sem a presença do Espírito Santo na vida.

Romanos 8.16 – “O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.”

2 – Tipos de ofertas pacíficas

A) Ação de Graças

Leia Levítico 7.12 a 15.

Em ação de graças, reconhecendo as misericórdias recebidas de Deus. Especialmente as enumeradas no Salmo 107.

Hebreus 13.15 – “Portanto, ofereçamos sempre, por ele, a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome.”

A oferta de paz, conforme anotamos acima, “shalom”, com o sentido de completar. Cristo é a Aliança entre o crente e Deus. Então, o louvor flui espontaneamente do coração do justo crente.

Isaías 12.1 – “E dirás naquele dia: Graças te dou, ó Senhor, porque, ainda que te iraste contra mim, a tua ira se retirou, e tu me consolaste.”

Uma porção da oferta era sem fermento. O fermento é alteração da massa de pão. É uma corrupção da substância do pão. Símbolo maior do pecado que gera corrupção e grandes perdas.

Quantos em nossos dias, nestes dias difíceis de viver, querem fazer festa com o fermento velho do pecado:

I Coríntios 5.8 – “Pelo que façamos festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os asmos da sinceridade e da verdade.” 

Estamos a ver uma geração de cristãos que no lugar de convicção, querem opção.

No lugar de mandamentos, querem sugestões.

Que preferem seguir o que dá certo, do que o que é certo.

Levítico 2.11 – “Nenhuma oferta de manjares, que oferecerdes ao Senhor, se fará com fermento.”

Registra-se que os imigrantes puritanos que chegaram aos Estados Unidos, estavam tendo sempre dias de jejum. Quando os alimentos começaram a faltar, eles jejuaram. Quando foram atacados pelos índios nativos eles jejuaram.

Quando um navio, que eles tanto esperavam, atrasava-se em chegar, eles novamente jejuaram. E tanto jejuaram, que começaram a sentirem-se fracos. Por fim, um irmão aconselhou: “Seria bom, ao invés de tantos jejuns de lamentações, variarmos com ação de graças pelas bênçãos desfrutadas.” E assim, eles instituíram o que é até hoje celebrado: o dia de ações de graças.

É bíblico. E há sabedoria nisso.

B) Voto

Leia Levítico 7.15 a 17.

Os versículos são autoexplicativos.

O sacrifício podia ser comido no mesmo dia e no dia seguinte. No terceiro dia, não.

Esta limitação de tempo foi instruída tanto para encorajar a liberalidade aos pobres, quanto para também instruir que algo sacrificial e sagrado, evitando que perdesse a convicção de seu solene significado.

Nada se comia ao terceiro dia, por estar sujeito à corrupção. Ao terceiro dia, poderia, naquele clima tão quente, facilmente se putrefazer. Além, repetimos, de demonstrar piedade a Deus e amor ao semelhante, convidando-o a participar com ele.

O voto é ação de graças voluntária. Não é para barganhar com Deus. O sentido bíblico do voto é gratidão e consagração a Deus. Não faça acordo com Deus, como que querendo forçar o Senhor a abençoá-lo.

Tudo que recebemos do Senhor é pela graça, através de Jesus Cristo – Efésios 2.8 e 9.

O voto não é coisa comum. Não podemos e nem devemos trata-lo com leviandade. Se alguém fez voto precipitado ou impossível de ser cumprido, confesse arrependido ao Senhor tão erro, peça perdão em nome do Senhor Jesus, e não faça mais tal.

Voto é para louvor da glória de Deus e um transbordar de gratidão.

C) Oferta movida

Não deixe de ler o resumo deste sub tópico na revista do trimestre. É uma síntese perfeita de Levítico 7.30 a 35, que deve ser lido, por necessário.

A oferta movida ensina-nos que deva ser grande e livremente agraciada. Alegre e irrestrita. É um culto de muita gratidão. E envolve santificação. Observe que santificação envolve a preparação pessoal. Separação para Deus, principalmente quando somos prosperados.

As reivindicações de Deus devem sempre preceder todas as demais da nossa vida.

Colossenses 1.17 – “E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.”

Quando nos damos a Cristo, pelo que Ele é, então tudo que Ele é, Ele tem, Ele pode, Ele faz, transborda para nossa vida!

Tudo que é de Deus se move. Gênesis 1.2 diz que o Espírito Santo se movia sobre as águas. O Espírito se move trazendo o pecador para a igreja. E a igreja para o céu.

Era movida para cima e para baixo. Representando extensão e elevação. Esta oferta era agitada da esquerda para a direita. E o ofertante não podia fazer oferta por procuração. Era de si e por si mesmo. Tudo por si mesmo: trazer a oferta, por a mão sobre a cabeça, confessar e comer. Não podia haver transferência a outrem. Porque a gratidão é essencialmente pessoal. É a criatura com o Criador. É o servo com o Senhor. É o discípulo com o Mestre. É a ovelha com o Pastor. Assim é movida para cima.

Por outro lado, como exemplo, as orações de uma mãe crente piedosa, são como cordões de amor, suaves para envolver o coração de um filho distanciado do Senhor, que o atraem e demonstram as loucuras de suas escolhas mundanas. Pelo exemplo de submissão ao Senhor, tal mãe se move para baixo, estendendo a favor do filho que tanto ama. Mas, nada servirá para salvação de seu filho errante, se ele de si mesmo não se submeter a Deus. Nós nos movemos em oração, em intercessão, para cima e para baixo, mas a decisão é da própria pessoa por quem oramos ou intercedemos. Ele tem que pôr a mão sobre a cabeça da oferta, ilustrativamente falando. O adorador de Levítico usa a mão exterior, a mão direita, e nós usamos a mão da alma, a nossa fé.

3 – Objetivos das ofertas pacíficas

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada