Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

CPAD Adultos – 2º Trimestre de 2019 – 21-04-2019 – Lição 3: Entrando no Tabernáculo: O Pátio

17/04/2019

Esse post é assinado por Eliel Goulart

Texto Áureo

“Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens.” – João 10.9

Verdade Prática

Para entrar à presença de Deus, no Lugar Santíssimo, o pecador deve passar por uma única porta: Jesus.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Êxodo 27.9-19

9 Farás também o pátio do tabernáculo; ao lado do meio-dia, para o sul, o pátio terá cortinas de linho fino torcido; o comprimento de cada lado será de cem côvados. 

10 Também as suas vinte colunas e as suas vinte bases serão de cobre; os colchetes das colunas e as suas faixas serão de prata. 

11 Assim também do lado do norte as cortinas na longura serão de cem côvados de comprimento; e as suas vinte colunas e as suas vinte bases serão de cobre; os colchetes das colunas e as suas faixas serão de prata. 

12 E na largura do pátio do lado do ocidente haverá cortinas de cinquenta côvados; as suas colunas, dez, e as suas bases, dez. 

13 Semelhantemente, a largura do pátio do lado oriental, para o levante, será de cinquenta côvados, 

14 de maneira que haja quinze côvados de cortinas de um lado; suas colunas, três, e as suas bases, três; 

15 e quinze côvados de cortinas do outro lado; as suas colunas, três, e as suas bases, três. 

16 E à porta do pátio haverá uma coberta de vinte côvados, de pano azul, e púrpura, e carmesim, e linho fino torcido, de obra de bordador; as suas colunas, quatro, e as suas bases, quatro. 

17 Todas as colunas do pátio ao redor serão cingidas de faixas de prata; os seus colchetes serão de prata, mas as suas bases, de cobre. 

18 O comprimento do pátio será de cem côvados, e a largura de cada banda, de cinquenta, e a altura, de cinco côvados, de linho fino torcido; mas as suas bases serão de cobre. 

19 No tocante a todos os utensílios do tabernáculo em todo o seu serviço, até todos os seus pregos e todos os pregos do pátio, serão de cobre.

INTRODUÇÃO

A paz do Senhor!

Todos os versículos citados são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra versão, a mesma é mencionada.

O Tabernáculo ocupava o centro do acampamento dos israelitas. E o centro do tabernáculo era o Santo dos Santos, onde estava a Arca da Aliança.

O Tabernáculo foi projetado para ser móvel. Israel o conduzia por onde andasse. Na ordem dada por Deus, os gersonitas, os coatitas e os meraritas, ou seja, os filhos de Levi: Gerson, Coate e Merari, eram responsáveis por cuidar da montagem e desmontagem, e ainda da condução do Tabernáculo.

Os gersonitas acampavam-se ao Oeste, sendo responsáveis por levar as cortinas do Tabernáculo, a Tenda da Congregação, sua coberta, a coberta de peles de animais marinhos, a cortina da porta da Tenda da Congregação, as cortinas do pátio ou átrio exterior, a cortina do pátio que rodeia o Tabernáculo e o Altar, as suas cordas, e todos os objetos dos seus serviços. Ou seja, cuidavam do exterior do Tabernáculo e também serviam como vigias.

Os coatitas acampavam ao Sul e cuidavam das coisas santíssimas do Tabernáculo – Números 4.4 – “Este será o ministério dos filhos de Coate na tenda da congregação, nas coisas santíssimas” – ou seja, os móveis da Tenda da Congregação. Portanto, conduziam a Arca da Aliança, a Mesa dos Pães, o Candelabro, o Altar de Incenso, os vasos e utensílios sagrados. Porém, não lhes era permitido tocar ou ver as coisas sagradas para que não morressem – Números 4.15, 17 a 20. Quando o acampamento se levantava para partir, Arão e seus filhos entravam primeiro na Tenda da Congregação e cobriam os móveis, acondicionando os objetos do Santuário. Somente então os coatitas entravam para leva-los. Assim agindo, eram protegidos.

Os meraritas acampavam-se ao Norte, e eram responsáveis pelas tábuas do Tabernáculo, os seus varais, as suas colunas e as suas bases, as colunas do pátio em redor, as suas bases, as suas estacas e as suas cordas, com todos os seus utensílios, e com tudo o que pertencesse ao seu serviço – Números 4. 31 e 32. Eles tinham o encargo mais pesado.

Ao redor do Tabernáculo, esta construção montável e desmontável, as dozes tribos de Israel acampavam-se numa ordem tal que a Arca do Testemunho ficava ao centro do acampamento.

Colossenses 1.17 – “E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.”

Cristo é o centro da vida da Igreja. Nossa vida depende de Cristo. Sem Ele não há vida e nem serviço.

E tudo no Tabernáculo apontava para Cristo e Sua obra redentora.

I – O PÁTIO ENTRE AS TRIBOS DE ISRAEL

1 – As montagens provisórias do Tabernáculo

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais https://ebdcomentada.com

O capítulo 40 de Êxodo descreve a finalização da construção do Tabernáculo, quando e como ele foi levantado. E refere-se também a três coisas temporárias:

1 – ao tabernáculo;

2 – ao sacerdócio de Arão;

3 – da coluna de nuvem de dia e da coluna de fogo de noite.

O ministério sacerdotal de Arão era temporário, tão somente uma figura do Eterno Sacerdote, que é Jesus Cristo. O temporário nunca poderia resolver uma necessidade eterna.

Hebreus 8.1 a 6 – “O que nós estamos afirmando é o seguinte: Cristo, cujo sacerdócio acabamos de descrever, é o nosso Supremo Sacerdote, e está no céu, no lugar de maior honra junto ao próprio Deus.

Ele ministra no templo do céu, o verdadeiro lugar de adoração, construído pelo Senhor, e não por mãos humanas.

E visto que todo supremo sacerdote é nomeado para apresentar ofertas e sacrifícios, Cristo também deve fazer uma oferta.

O sacrifício oferecido por Ele é muito melhor do que aqueles oferecidos pelos sacerdotes terrenos. (Mas assim mesmo, se Ele estivesse aqui na terra, não lhe seria permitido ser sacerdote, pois aqui embaixo os sacerdotes ainda seguem o velho sistema judaico de sacrifícios.)

O trabalho deles está ligado a um simples modelo terreno do verdadeiro tabernáculo do céu; porque

quando Moisés estava se preparando para construir o tabernáculo, Deus o advertiu de que seguisse exatamente o modelo do tabernáculo celestial que lhe tinha sido mostrado no Monte Sinai.

Mas Cristo, como ministro do céu, foi recompensado com um trabalho muito mais importante do que os que servem sob as leis antigas, pois o novo acordo que Ele nos oferece da parte de Deus contém promessas muito mais maravilhosas.”

A direção que Israel tinha da coluna de nuvem de dia e da coluna de fogo de noite, era temporária, porque o Senhor Jesus é o nosso Alvo Eterno, e apontava para a realidade eterna que é Cristo, “o caminho, e a verdade, e a vida.” – João 14.6.

Êxodo 40.36 a 38 “Quando, pois, a nuvem se levantava de sobre o tabernáculo, então, os filhos de Israel caminhavam em todas as suas jornadas. 

Se a nuvem, porém, não se levantava, não caminhavam até ao dia em que ela se levantava; 

porquanto a nuvem do Senhor estava de dia sobre o tabernáculo, e o fogo estava de noite sobre ele, perante os olhos de toda a casa de Israel, em todas as suas jornadas.”

Assim também o Tabernáculo era provisório, temporário, não era permanente. Figura da Pessoa bendita do Senhor Jesus que tabernaculou entre nós.

João 1.14 – “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do Unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.”

Habitou – verbo grego skénoó. Significa “tenho meu tabernáculo”, “minha tenda”, “habitar em uma tenda”. Ocorre cinco vezes no Novo Testamento, sendo uma vez aqui em João 1.14 e quatro vezes em Apocalipse (Strong): 7.15; 12.12; 13.6 e Apocalipse 21.3 – “E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitarei, e eles serão meu povo, e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus.”

2 – A posição do Pátio no Tabernáculo  

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais https://ebdcomentada.com

Êxodo 25.8 – “E me farão um santuário, e habitarei no meio deles.”

Observe a centralidade: “habitarei no meio deles.”

O Pátio do Tabernáculo tinha sua entrada direcionada ao Leste, ou ao Oriente, ao nascer do sol, ou ainda podemos escrever, com entrada direcionada do levante do Sol.

De imediato, o crente com seu discernimento espiritual, percebe que aponta maravilhosamente para Cristo. Malaquias 4.2 – “Mas para vós que temeis o meu nome nascerá o sol da justiça e salvação trará debaixo das suas asas.”

Se Cristo habita no centro de nossa vida, estamos em harmonia com Colossenses 1.18 – “E ele é a cabeça do corpo da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que EM TUDO TENHA A PREEMINÊNCIA.” (grifo nosso).

Preeminência é uma posição muito acima de tudo que está ao redor.  

Cristo no centro, primeiro em tudo!

Nos nossos pensamentos, nas nossas escolhas, nas nossas decisões, nos nossos planos, nos nossos ideais, nas nossas atitudes, nas nossas conversações, no nosso coração, nas coisas que fazemos, nos nossos dias!

Primeiro quanto ao nosso tempo e primeiro quanto ao que é importante para nós!

Por quê? Deus deu a Cristo primazia em todas as coisas. Nós não ousaríamos dar-Lhe lugar menor!

3 – A posição do Exército de Israel em torno do Tabernáculo

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada