Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

CPAD Adultos – 2º Trimestre de 2019 – 07-04-2019 – Lição 1: Tabernáculo – Um lugar da habitação de Deus

02/04/2019

Esse post é assinado por Eliel Goulart

Texto Áureo

“E me farão um santuário, e habitarei no meio deles.” – Êxodo 25.8

Verdade Prática

O Tabernáculo de Moisés foi o protótipo da Igreja de Cristo, na qual hoje Deus habita e manifesta sua glória.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Êxodo 25.1-9

1 Então, falou o Senhor a Moisés, dizendo: 

2 Fala aos filhos de Israel que me tragam uma oferta alçada; de todo homem cujo coração se mover voluntariamente, dele tomareis a minha oferta alçada. 

3 E esta é a oferta alçada que tomareis deles: ouro, e prata, e cobre, 

4 e pano azul, e púrpura, e carmesim, e linho fino, e pelos de cabras, 

5 e peles de carneiros tintas de vermelho, e peles de texugos, e madeira de cetim, 

6 e azeite para a luz, e especiarias para o óleo da unção, e especiarias para o incenso, 

7 e pedras sardônicas, e pedras de engaste para o éfode e para o peitoral. 

8 E me farão um santuário, e habitarei no meio deles. 

9 Conforme tudo o que eu te mostrar para modelo do tabernáculo e para modelo de todos os seus móveis, assim mesmo o fareis. 

INTRODUÇÃO

A paz do Senhor!

Todos os versículos citados são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra versão, a mesma é mencionada.

Graças a Deus por mais este trimestre que se inicia na Escola Dominical, e vamos aprender juntos excelentes lições sobre O Tabernáculo e seus símbolos.

O Tabernáculo foi construído e levantado por Moisés no deserto, seguindo o modelo revelado por Deus, e que lhe foi mostrado no monte Sinai diretamente pelo Senhor.

Trata-se do mais expressivo de todos os tipos rituais do Antigo Testamento. Ou seja, sendo uma prefigura dos eventos do Novo Testamento, o Tabernáculo se liga aos antítipos:

1 – Cristo;

2 – o cristão;

3 – a Igreja;

4 – o próprio Céu.

Hebreus 9.24 – Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer, por nós, perante a face de Deus.”

O Tabernáculo era um lugar de:

1 – comunhão com Deus;

2 –   comunicação entre Deus e o Povo de Israel;

3 – adoração a Deus;

4 – sacrifícios a Deus;

5 –   serviços a Deus;

6 – habitação (presença) de Deus;

7 – manifestação da glória de Deus.

Que sejamos edificados, aprendendo as lições bíblicas tão profundas e inspiradoras deste segundo trimestre de 2019 que se inicia para nós!

I – A PARCERIA DE DEUS COM SEU POVO PARA A CONSTRUÇÃO DO TABERNÁCULO (Êx 25.1-7)

1 – Por que construir um Tabernáculo no deserto?

Em síntese, a resposta a esta pergunta, é que Deus, em Sua Bondade e Soberania, quer habitar com o Seu Povo e ter um lugar de encontro com ele.

Quais outros aspectos dos propósitos de construir um Tabernáculo no deserto?

1 – Eleição – como um sinal de eleição, do testemunho público da escolha, por graça de Deus, de Israel.

Deuteronômio 10.15 – “Tão somente o Senhor tomou prazer em teus pais para os amar; e a vós, semente deles, escolheu depois deles, de todos os povos, como neste dia se vê.”

2 – Unidade – anunciando que Deus é um, assim do mesmo modo o Seu Povo é uma unidade agrupada em diversas tribos, famílias e ofícios. Estude a disposição das tribos ao redor do tabernáculo em Números 2.1 a 34.

3 – Santidade – o Tabernáculo tinha também o propósito de conclamar o Povo à santidade. Deus é Santo e Israel é chamado para ser a nação santa. Deus se manifestou no monte Sinai, mas agora o lugar da presença contínua de Deus no meio de Seu Povo, seria o Tabernáculo.

Êxodo 29.43 a 45 – “E ali virei aos filhos de Israel para que por minha glória sejam santificados. E santificarei a tenda da congregação e o altar; também santificarei a Arão e seus filhos, para que me administrem o sacerdócio. E habitarei no meio dos filhos de Israel e lhes serei por Deus.”

4 – Soberania – o Tabernáculo proclama a Soberania de Deus, como o Rei de toda a terra.

Salmo 29.10 – “O Senhor se assenta como Rei perpetuamente.”

2 – A materialização da obra de Deus (Êx 25.1,2)

Êxodo 25.1 e 2 – “Então, falou o Senhor a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel que me tragam uma oferta alçada; de todo homem cujo coração se mover voluntariamente, dele tomareis a minha oferta alçada.”

Moisés, após descer do monte, traz mensagem divina com instrução de pedir oferta ao povo para construção do santuário. As ofertas para erguer o Tabernáculo eram de materiais: pedras preciosas, metais, tecidos, óleo e especiarias.

I Crônicas 29.14 – “Porque tudo vem de Ti, e da Tua mão to damos.”

O propósito é o sinal visível de Deus, que habitará no meio de Seu povo, a presença divina em meio às suas tendas. Como a um convidado incomparável, os israelitas proverão os materiais e os serviços para construção da habitação sagrada.

Se é elevada honra receber e hospedar um membro de família real, quanto mais elevada e superior é ter a presença do Rei de toda a terra.

Salmo 47.7 – “Pois Deus é o Rei de toda a terra.”

Todos podem compartilhar o privilégio de ofertar os materiais relacionados na mensagem divina, dada através de Moisés. Podem trazer a oferta alçada – literalmente, coisa separada, algo levantado – hebraico, terumah. Portanto, uma oferta levantada dentre aquilo que se possui para dar ao Senhor. (Charles F. Pfeiffer).

Alguns podiam dar ornamentos de ouro, outros um pelo de cabra, outro ainda um tecido.

A essência do propósito aqui é que cada um pode ter participação na obra de Deus.

E neste propósito há um precedente para esta Dispensação da Graça. Deus nos trata nos mesmos princípios de tratamento com Israel. Ele quer nossa participação na edificação do templo espiritual. Uma morada espiritual no qual nós somos pedras vivas.

I Pedro 2.5 – “Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecerdes sacrifícios espirituais, agradáveis a Deus, por Jesus Cristo.”

O Senhor usa homens, e não máquinas. E nós nunca devemos desprezar a honrosa oportunidade de cooperar com nossos bens e recursos para a expansão do Reino de Deus.

3 – Três verdades bíblicas que o ofertante deve saber (Êx 25.2)

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada