Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

CPAD Adultos – 1º Trimestre de 2019 – 10-02-2019 – Lição 6: Quem domina a sua mente

07/02/2019

Este post é assinado por Eliel Goulart

Texto Áureo

“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.” – Filipenses 2.5

Verdade Prática

Os substantivos “mente”, “sentimento” e “entendimento” pertencem à esfera do intelecto, que permite à pessoa aprender, desejar, pensar e agir.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Filipenses 4. 4 a 9

 4 Regozijai-vos, sempre, no Senhor; outra vez digo: regozijai-vos. 

5 Seja a vossa equidade notória a todos os homens. Perto está o Senhor. 

6 Não estejais inquietos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças. 

7 E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus.

8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. 

9 O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco.         

INTRODUÇÃO

A paz do Senhor!

Todos os versículos citados são da Almeida Revista e Corrigida. Quando de outra versão, a mesma é mencionada.

II Coríntios 5.17 – “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.”

A edição Bíblia Viva ajuda-nos a entender mais este versículo:

“Quando alguém se faz cristão, torna-se uma pessoa totalmente nova por dentro. Já não é mais a mesma. Teve início uma nova vida!”

“Estar em Cristo” é quando alguém une-se a Cristo pela fé e pelo batismo nas águas, que é o testemunho público de sua conversão.

Romanos 6.3 e 4 – “Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte? De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida.” 

Trata-se do novo nascimento, ou seja, uma nova criação.

Tito 3.5 – “…nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo.”

A salvação em Cristo Jesus opera uma transformação radical. Nas Escrituras há divisão de duas classes de pessoas, com muita diferença entre elas:

  • – perdidas e resgatadas;
  • – convidados recusando e convidados festejando;
  • – virgens loucas e virgens sábias;
  • – bodes e ovelhas;
  • – pessoas mortas em delitos e pecados e pessoas vivas para Deus;
  • – em trevas ou na luz;
  • – “filhos da ira” e “filhos de Deus”;
  • – os que já estão condenados e os que para quem não há nenhuma condenação.

O novo nascimento em Cristo Jesus é esta transformação radical, a mudança interior:

I João 5.1 – “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus.” 

Efésios 2.1 – “E vos vivificou, estando vós mortes em ofensas e pecados.”

Da morte nos pecados morais, pecados deliberados e específicos, caídos desde o interior, por natureza filhos da ira, quando salvos por Cristo Jesus, somos transformados desde o interior também. Assim ficamos “participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção…”  – II Pedro 1.4.

Não mais agimos segundo a natureza caída, adâmica, carnal. Mas temos a liderança do Espírito Santo: “Porque todos os que são guiados pelo Espírito Santo, esses são filhos de Deus.”  – Romanos 8.14.

Ele guia-nos em nossas escolhas, condutas, conversações, nos nossos pensamentos e até nas intenções mais íntimas do nosso ser.

Ao homem que aceita a Cristo como seu único e suficiente Salvador, o eco de Isaías 43.19 chega como transformação para ele:

“Eis que farei uma coisa nova…”

I – SOBRE A EPÍSTOLA AOS FILIPENSES

Atos 16.8 a 10 descreve a visão sobrenatural que Paulo teve em Trôade, no curso de sua segunda viagem missionária.

“Passa à Macedônia e ajuda-nos!” 

E agindo movido por esta visão celestial, Paulo funda a igreja em Filipos.

A cidade de Filipos foi fundada em 357 a.C.  pelo pai de Alexandre, o Grande: Filipe da Macedônia. Portanto o nome Filipos é em sua homenagem.

Esta cidade, mesmo distanciando-se mais de 1.000 quilômetros de Roma, capital do Império Romano, usufruía dos privilégios da cidadania romana. Um deles era a isenção de impostos.

Muitos soldados do exército romano, ao completarem o serviço militar, estabeleceram-se ali com suas famílias. Então a cidade tornou-se uma miniatura de Roma, com as mesmas leis, filosofia e maneira de viver.

Foi neste contexto que o apóstolo Paulo pregou o Evangelho, fundando a primeira igreja cristã no continente europeu.

1 – A doutrina

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais – https://ebdcomentada.com

É a mais doce das cartas de Paulo.

Difícil para o leitor imaginar que Paulo escreve esta carta algemado a soldados romanos, que se revezavam em guarda-lo de seis em seis horas. Acorrentado, ele escreve e suas palavras brotam de um coração fruindo paz. Mesmo acorrentado, ele está livre. Na prisão, exulta de alegria.

É uma carta de amor.

E de simplicidade. Não tem intenção nem de longe de ser um tratado formal doutrinário.

Um erudito em Novo Testamento disse com muita propriedade: “Filipenses é a menos dogmática das cartas do apóstolo”. (Joseph Barber Lightfoot – 1828-1889).

A doutrina é mais prática do que teológica. Mais devocional do que formal.

Quando há observações doutrinárias teológicas, elas são pontuais. E sempre corroborando a prática do viver santo.

No curso da leitura da epístola (cinco capítulos e 104 versículos) cada capítulo tem interpenetrado uma incidência doutrinária:

  • Capítulo 1 – Cristo nossa vida.
  • Capítulo 2 – Cristo nossa mente.
  • Capítulo 3 – Cristo nosso alvo.
  • Capítulo 4 – Cristo nossa força.

2 – O relacionamento

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais – https://ebdcomentada.com 

Filipenses 4.2 – “Rogo a Evódia e a Síntique que sintam o mesmo no Senhor.”

Evódia significa “fragância”. Síntique significa “afortunada”. São nomes femininos. 

Aparentemente havia desacordo entre elas. E Paulo as exorta a concordarem entre si no Senhor, e viveram em harmonia.

Por serem citadas, deduz-se que eram membros proeminentes e importantes da igreja em Filipos. Certamente com liderança na vida da igreja. Relembremos que o Evangelho foi, primeiramente, pregado na cidade de Filipos às mulheres – Atos 16.13.

Paulo adverte especialmente por desentendimento, ao qual é desconhecido por nós. Mas de abrangência suficiente para chegar ao conhecimento de Paulo e com risco de perigos.

Em geral, o que duas pessoas querem e precisam, quando o gênio próprio e a desconfiança mútua estão trazendo mais perigos à vida cristã deles e à congregação, é um amigo comum cuja afeição sincera por uma e por outra, afastará totalmente quaisquer parcialidades.

O apóstolo Paulo era uma pessoa desse tipo: seu semblante, seu tom de voz, seus gestos, sua maneira de viver eram condutores da vida de Cristo em sua vida, e esta autoridade divina nele não podia ser resistida.

Onde a igreja é unânime, a igreja é invencível. Onde a igreja está dividida, há perdas e algumas irreparáveis.

Qualquer que tenha sido a causa da dissenção entre elas, Paulo tem o conselho de sabedoria: “Tenham a mesma opinião no Senhor.”

“No Senhor” traz-nos à memória que nos assuntos mais essenciais e importantes, estamos de acordo. Como são inadequadas as desavenças e friezas de tratamento entre os irmãos que estão “no Senhor”.

Podemos pensar diferente em coisas administrativas e secundárias, mas prosseguir com nossas visões em amor e sempre pronto a ajudar um ao outro.

Como é bom ter um amigo do quilate de Paulo! Ele poderia ser ousado para ordenar a cada uma o que fosse conveniente. Mas, por amor, ele suplica.

E trata as duas com a mesma consideração, não fazendo nenhuma insinuação ou referência à causa da discórdia. Age como um reconciliador e pacificador. Suaviza o caminho da reconciliação e da paz. Esta forma de agir, exalta o bendito nome do Senhor Jesus.

As ações de um amigo tão espiritual como Paulo, traz bênçãos inesquecíveis! 

O verdadeiro amigo é aquele que:

1 – defende você em sua ausência;

2 – intercede por você;

3 – corrige você com honestidade e em particular;

4 – incentiva você a confiar em Deus.

3 – O ensino

Pastor Eliel Goulart

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada