Buscar esboços

Nossos Esboços

CPAD Adultos – 1º Trimestre de 2018 – 04/02/2018 – Lição 5: Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica

30/01/2018

Este post é assinado por: Pastor Eliel Goulart

Texto Áureo

“Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.” – Hebreus 4.14

Verdade Prática

Como Filho de Deus e Sumo Sacerdote, Jesus intercede eficazmente por Sua igreja.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Hebreus 4.14 – 16; 5.1 – 14

Hebreus 4.14 Visto que temos um grande sumo sacerdote Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. 

15 Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. 

16 Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

Hebreus 5.1 Porque todo sumo sacerdote, tomado dentre os homens, é constituído a favor dos homens nas coisas concernentes a Deus, para que ofereça dons e sacrifícios pelos pecados, 

2 e possa compadecer-se ternamente dos ignorantes e errados, pois também ele mesmo está rodeado de fraqueza. 

3 E, por esta causa, deve ele, tanto pelo povo como também por si mesmo, fazer oferta pelos pecados. 

4 E ninguém toma para si essa honra, senão o que é chamado por Deus, como Arão. 

5 Assim, também Cristo não se glorificou a si mesmo, para se fazer sumo sacerdote, mas glorificou aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei. 

6 Como também diz noutro lugar: Tu és sacerdote eternamente, segundo a ordem de Melquisedeque. 

7 O qual, nos dias da sua carne, oferecendo, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que o podia livrar da morte, foi ouvido quanto ao que temia. 

8 Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu. 

9 E, sendo ele consumado, veio a ser a causa de eterna salvação para todos os que lhe obedecem, 

10 chamado por Deus sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.

11 Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação, porquanto vos fizestes negligentes para ouvir. 

12 Porque, devendo já ser  ou mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite e não de sólido mantimento. 

13 Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. 

14 Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal.

INTRODUÇÃO

Comentário do Blog

Paz do Senhor!

Todas as citações bíblicas são da Almeida Revista e Corrigida. Quando utilizada outra tradução, citamos de qual edição é.

Hebreus 4.14 a 16 – “Visto que temos um grande sumo sacerdote Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. 

Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. 

Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.”

Hebreus 4.14 a 16 é um trecho de transição que resume as seções anteriores e prepara o leitor para outras verdades a serem expostas sobre a superioridade do sacerdócio de Jesus Cristo, e de Sua oferta de Si mesmo a nosso favor.

Relembremos que a primeira superioridade é sobre os anjos. A segunda exposição da superioridade de Cristo é sobre Moisés. E agora, passa-se a revelar a superioridade de Cristo em relação a Arão e o sacerdócio levítico.

O início do versículo 14 – “Visto que…” infere que estes versículos estão ligados aos anteriores, mas preparando para uma revelação mais detalhada nos versículos que seguem.

Observem, amados professores e vocacionados, que todos os trechos de transição na Carta aos Hebreus são de exortação e advertência.

Na Lei de Moisés está exposta a providência de um sumo sacerdote mediador entre Deus e o homem. Porém, o sacerdócio terreno e temporal de Arão estava cercado de diversas fraquezas. O escritor da Carta aos Hebreus quer demonstrar nestes versículos da Leitura Bíblica, e na verdade, prolonga até o capítulo 9, da superioridade do Sumo Sacerdócio de Jesus Cristo.

E no intervalo entre uma seção argumentativa e outra, o escritor exorta e adverte os leitores das más consequências de se desviarem da fé cristã.

Quanto à pergunta que, certamente, vem à mente dos leitores: De qual ordem sacerdotal é Jesus Cristo? O escritor responde explicando que da ordem sacerdotal de Melquisedeque, vinculando a doutrina da Nova Aliança à superioridade comparativa com a Antiga Aliança.

Em termos da teologia prática, o escritor aos Hebreus descreve a Cristo como o Sumo Sacerdote superior e ideal, descreve também Sua tentação, enfatizando Sua vitória, e que Ele se identifica conosco e compadece-se de nós.

O versículo 16 é mui querido dos crentes:

“Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.”

O trono é onde assenta-se a Majestade, o Justo Juiz de toda a terra, e é donde se manifesta a Soberania. Mas, somos exortados a aproximarmos de Deus não como nosso Juiz, mas como nosso Pai.

Jesus Cristo é o Sumo Sacerdote que atravessou mais do que o véu, antes atravessou o próprio Céu, para um tabernáculo superior e perfeito. E está à destra ( à direita ) de Deus por nós! Então, cada pessoa pode, hoje, aproximar-se com muita confiança diante do trono da graça e, isso, com ousadia.

“Cheguemos” – este verbo grego está no presente ativo e volitivo. Tem ideia de continuidade. Aproxime-se e continue aproximando. Cheguemos e continuemos a chegar diante de Deus por intermédio de nosso Sumo Sacerdote, Jesus Cristo. Cristo fez provisão infinita, adquiriu graça abundante e transbordante e tem fiéis promessas quanto a isso!

“Com confiança” – Não é uma aproximação vacilante, desconfiada e medrosa. E nem, por outro lado, uma aproximação presunçosa, de alguém cheio de si. A explicação simples é: aproximar-se como está, expor o que deseja, e pedir com confiança quanto ao que necessitamos. Aproximar-se de outra maneira é ofender a graça de Cristo para conosco. Trata-se de chegar-se confiando e descansando na fé.

“Para que possamos alcançar…” – a expressão original tem definição singela: tomar. Chegar com confiança para receber. Em Cristo, temos a liberdade de ir ao propiciatório – a Cruz da vitória de Cristo – e tomar a misericórdia e receber a graça. Já estão ali asseguradas para nós!

“Misericórdia… Graça” – a palavra misericórdia, infere aqui mais quanto ao perdão dos pecados.

“Achar” é o verbo grego heuriskó: descobrir algo procurado em tempo de necessidade. A obra da expiação de Cristo dá-nos certeza da misericórdia. A assunção de Cristo aos Céus, entrando lá como nosso Sumo Sacerdote e assentando-se à destra de Deus, dá-nos a certeza da abundante graça para nós em todas as nossas necessidades.

“Ajudar” – ter a assistência e o apoio. Esta é uma palavra emprestada das técnicas de navegação. ( Strong ). Uma ajuda em tempos críticos para atender a uma situação urgente. Como jogar um bote num momento crucial de naufrágio. Nos antigos escritores gregos, esta palavra é usada para descrever uma ajuda fornecida através de cordas lançadas para resgatar.

A ideia é tão profunda aqui: boétheia. Correr em direção ao grito de socorro de alguém. Com o clamor, com o grito de socorro em oração, vem a graça salvadora, sustentadora, provedora e de livramento do Senhor. O clamor vai, o socorro vem.

“Em tempo oportuno” – grego, eukairós. No tempo da necessidade. Em contrário a palavra chronos, que é o tempo do calendário, do relógio. Desta vem a palavra cronologia, cronômetro e outras correlatas. Enfim, “em tempo oportuno” significa socorro necessário quando necessário.

I – UM SACERDÓCIO SUPERIOR QUANTO À QUALIFICAÇÃO

1 – Por representar melhor os homens diante de Deus

Comentários do Blog

Hebreus 5.1 – “Porque todo sumo sacerdote, tomado dentre os homens, é constituído a favor dos homens nas coisas concernentes a Deus, para que ofereça dons e sacrifícios pelos pecados.”

Para demonstrar a Cristo como o verdadeiro e superior Sumo Sacerdote, o escritor descreve a designação, os deveres e as qualificações de um sumo sacerdote, demonstrando que tudo que é essencial para este ofício, encontra-se com perfeição em Cristo.

Cristo é verdadeiramente homem, no mesmo grau que eles. “Tomado dentre os homens.” E foi nomeado, separado, ordenado para este ofício para beneficiar aos homens, concernentes às coisas de Deus. Levar Deus aos homens e levar os homens a Deus.

“Oferecendo dons e sacrifícios pelos pecados.” – dons são ofertas não sangrentas que a Lei prescrevia. Referiam-se ao incenso e oferta de cereais. E os sacrifícios são as ofertas de sangue. Mas, todas as ofertas / dádivas e os sacrifícios tinham relação com os pecados.

Hebreus 5.1 a 4 relaciona duas qualificações principais e quatro explicativas. Vamos a elas!

Qualificações principais:

1 – Tomado dentre os homens – Hebreus 5.1. Escolhido dentre homens, sendo da mesma natureza daqueles a quem Ele veio para servir. João 2.25 – “E não necessitava de que alguém testificasse do homem, porque ele bem sabia o que havia no homem.”

2 – Constituído por Deus – Hebreus 5.1. E esta ordenação por Deus é a favor dos homens.

Qualificações explicativas:

1 – Ele oferece dons e sacrifícios pelos pecados. Deuteronômio 16.16 – “Três vezes no ano, todo varão entre ti aparecerá perante o Senhor… porém não aparecerá vazio perante o Senhor.”

2 – Ele manifesta compaixão para os ignorantes e errados – Hebreus 5.2.

3 – Ele não toma para Si a honra de ser Sumo Sacerdote, mas é constituído por Deus, como foi Arão – Hebreus 5.4.

4 – Ele faz oferta por Si mesmo e pelo povo – Hebreus 5.2 e 3. Compreende os homens e sentem por eles. Cristo fez oferta de Si mesmo a favor dos homens.

2 – Por compreender melhor a condição humana

Comentário do Blog

Hebreus 15.2 e 3 – “E possa compadecer-se ternamente dos ignorantes e errados, pois também ele mesmo está rodeado de fraqueza.  E, por esta causa, deve ele, tanto pelo povo como também por si mesmo, fazer oferta pelos pecados.”

O escritor aos Hebreus atenta para as imperfeições do sumo sacerdote arônico e passa a perfeição incomparável de Cristo, Eterno Filho de Deus. O sumo sacerdote arônico não tinha quem fizesse as expiações pelos pecados dele e, portanto, assim como o povo do meio do qual fora tirado, está também rodeado de fraquezas, devendo fazer expiação primeiro por si mesmo e depois pelo povo.

Antes de apresentar as necessidades do povo, o sumo sacerdote arônico deveria comparecer diante do Senhor, sendo aceitável a Ele, e isso sem culpa e sem mancha. Este sacerdócio levítico submetia-se, então, a uma purificação cerimonial e esta apontava para a necessidade de um Sumo Sacerdote que se apresentasse sem pecado e perfeito: o Filho de Deus.

Eis porque o escritor destaca que o sumo sacerdote arônico é temporal e simbólico. O Sumo Sacerdócio de Cristo é eterno e real.

O Senhor Jesus é o Sumo Sacerdote perfeito. Verdadeiramente homem – portanto, pode perfeitamente compreender a natureza frágil do homem – e verdadeiramente Deus, pode perfeitamente cumprir a Justiça de Deus.

Como homem, Ele sentiu fome. Como Deus, Ele declarou: “Eu sou o pão da vida.”

Como homem, Ele sentiu sede. Como Deus, Ele disse: “Quem tem sede, venha a Mim e beba.”

Como homem, Ele dormiu no barco. Como Deus, Ele se levantou e ordenou: “Vento, cala-te. Mar, aquieta-te.”

Como homem, Ele sentiu cansaço. Como Deus, Ele convidou: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos.”

Como homem, Ele não tinha onde reclinar a cabeça. Como Deus, Ele revelou: Na casa de meu Pai há muitas moradas…vou preparar-vos lugar.”

Como homem, Ele foi preso. Como Deus, Ele se entregou.

Como homem, Ele recebeu uma coroa de espinhos. Como Deus, Ele nos prepara a Coroa da Justiça.

Como homem, Ele sentiu dores. Como Deus, Ele tomou sobre Si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si.

Como homem, Ele foi morto. Como Deus, Ele deu a Sua vida.

Como homem, Ele foi posto numa sepultura. Como Deus, a morte não O pode reter, Ele ressuscitou!

Eis o Sumo Sacerdote perfeito. Traz Deus aos homens, e leva os homens a Deus.

Pastor Eliel Goulart

COMUNICADO IMPORTANTE

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

CLIQUE AQUI para continuar estudando a lição conosco…

 

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e ainda continuar estudando a lição conosco…

Decidimos unir o Ensino com Missões e assim, alavancar recursos financeiros para contribuir com esses projetos.

Cada um de nós poderemos contribuir com o site ebdcomentada.com e com as obras de missões citadas, realizando o cadastro como assinante e escolhendo o plano que achar conveniente.

Optamos por oferecer valores acessíveis para que todos continuem a desfrutar dos nossos esboços e ao mesmo tempo AJUDAR a obra missionária, portanto a EBD Comentada, juntamente com você estará ao mesmo tempo ENSINANDO e FAZENDO MISSÕES.

Contamos com a ajuda de todos para mantermos este trabalho que tem auxiliado milhares de professores no Brasil e no mundo.

“Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mt 28.19 – ARC).

Qualquer dúvida referente aos planos ou mesmo depois de adquiri-lo, surgir algum problema, entre em contato conosco (contato@ebdcomentada.com.br)

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

  • Elaine V de Lucena disse:

    Gostaria de saber porque nunca consigo acessa o subsídio completo das lições , recebo no meu email a primeira parte e vem dizendo para continuar clique aqui e nunca consigo pede para cadastrar de novo coloco o email e senha da erro , e gostaria de ter acesso o subsídio completo por favor me ajudem. Desde já agradeço.

    1. Cláudio Roberto disse:

      Paz do Senhor irmã Elaine.

      Conforme já falamos, a tela de cadastro para receber as novidades realmente está confusa e providenciaremos a alteração.
      Agradeço por finalizar a sua assinatura e lhe desejamos boas vindas!

      Bons estudos e Deus Abençoe!

  • Anônimo disse:

    Excelente comentário!

    1. Cláudio Roberto disse:

      Amém!

      Obrigado pela visita e comentário.

      Deus abençoe!

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada