Ensinando e fazendo Missões

Buscar esboços

Nossos Esboços

Central Gospel Jovens e Adultos – 4º Trimestre – 31/12/2017 – Lição 13: Igreja Reformada, Sempre Reformada

26/12/2017

Este post é assinado por Leonardo Novais de Oliveira

TEXTO BÍBLICO BÁSICO

  • Habacuque 3.1-6 (ARA)
    1 – Oração do profeta Habacuque sob a forma de canto.
    2 – Tenho ouvido, ó SENHOR, as tuas declarações, e me sinto alarmado; aviva a tua obra, ó SENHOR, no decorrer dos anos, e, no decurso dos anos, faze-a conhecida; na tua ira, lembra-te da misericórdia.
    3 – Deus vem de Temã, e do monte Parã vem o Santo. A sua glória cobre os céus, e a terra se enche do seu louvor.
    4 – O seu resplendor é como a luz, raios brilham da sua mão; e ali está velado o seu poder.
    5 – Adiante dele vai a peste, e a pestilência segue os seus passos.
    6 – Ele para e faz tremer a terra; olha e sacode as nações. Esmigalham-se os montes primitivos; os outeiros eternos se abatem. Os caminhos de Deus são eternos.
  • 2 Timóteo 4.18
    18 – E o Senhor me livrará de toda má obra e guardar-me-á para o seu Reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém.
  • 1 Pedro 5.10,11
    10 – E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá.
    11 – A ele seja a glória e o poderio, para todo o sempre. Amém!

TEXTO ÁUREO

  • Não tornarás a vivificar-nos, para que o teu povo se alegre em ti? (Sl 85.6).

OBJETIVOS

Ao término do estudo bíblico, o aluno deverá:

  • Compreender que o avivamento é um processo duradouro e contínuo, cujo artífice e agente cardeal é o Espírito Eterno;
  • Conhecer os grandes movimentos avivalistas oriundos da Reforma Protestante;
  • Ser encorajado a dar ouvidos à voz do Espírito Santo, arrepender- se e voltar à devoção espiritual e ao estudo das Escrituras Sagradas.

PALAVRA INTRODUTÓRIA

Para adentramos a esta lição, precisamos fazer menção das palavras do Dr. R. Scott Clark, professor de história da igreja e teologia histórica no Westminster Seminary Califórnia.

“As igrejas reformadas têm alguns slogans maravilhosos que são repletos de verdades importantes. Às vezes, no entanto, esses slogans podem ser mal interpretados, mal comunicados e mal compreendidos. Com a possível exceção de Sola Scriptura (a Escritura somente), nenhum desses slogans foi mais frequentemente deturpado com maior prejuízo do que ecclesia reformata, semper reformanda (a igreja reformada, sempre se reformando). De acordo com o historiador Michael Bush, muito do que imaginamos que sabemos sobre esse slogan provavelmente está errado. A frase não é do século dezesseis. Procurei centenas de documentos em uma variedade de línguas dos séculos dezesseis e dezessete, e a expressão ecclesia reformata, semper reformanda não ocorre neles. Nem o termo semper reformanda (sempre se reformando). Certamente, os escritores reformados falaram de uma “igreja reformada” e da necessidade de reforma. Mas homens como Calvino, que publicou um tratado sobre a necessidade de reforma em 1543, não usaram a frase. O ministro reformado holandês Jodocus van Lodenstein (1620-77) usou pela primeira vez algo semelhante a ela em 1674, quando justapôs “reformada” com “se reformando”, mas ele não disse “sempre”.

O teólogo reformado holandês Jacobus Koelman (1632-95) expressou ideias semelhantes e as atribuiu ao seu professor Johannes Hoornbeek (1617-66), que era um estudante do grande Gijsbertus Voetius (1589-1676). Nenhum deles acrescentou a expressão secundum verbum Dei (segundo a Palavra de Deus). A fonte dessa frase é quase certamente o professor do século vinte, Edward Dowey, do seminário de Princeton (1918-2003).

Van Lodenstein e os outros faziam parte de uma escola de pensamento na Holanda que estava intimamente ligada à teologia, à piedade e à prática reformada inglesa representada por escritores como William Perkins (1558-1602) e William Ames (1576-1633). Eles se identificavam como parte de uma “Reforma Adicional” (Nadere Reformatie). Como Perkins, os teólogos da Assembleia de Westminster (1643-48) nas Ilhas Britânicas e o grande Sínodo internacional de Dort (1618-19), essa escola de pensamento estava preocupada com que a igreja não voltasse ao erro e à escuridão; e desejava que a igreja continuasse a buscar a pureza da doutrina, piedade e adoração.

A frase completa ecclesia reformata, semper reformanda secundum verbum Dei (a igreja reformada, sempre se reformando segundo a Palavra de Deus) é uma criação pós-Segunda Guerra Mundial. Ela teve novo impulso com o teólogo suíço reformado e modernista Karl Barth (1886-1968), que usou variações da frase com alguma frequência. As principais (liberais) denominações presbiterianas às vezes usaram variações dessa frase de maneira oficial”.

A partir desta introdução, começaremos esta lição trazendo o significado da palavra “avivamento”. De acordo com o dicionário Priberam para a Língua Portuguesa, avivamento significa:

  • Dar vivacidade a.
  • Tornar mais vivo.
  • Fazer reviver, renovar.
  • Ornar com vivos.
  • Animar, excitar.
  • Realçar.
  • Reanimar-se.

Apesar desta palavra ser bastante falada no cenário evangélico, em especial no pentecostalismo, seu conceito é pouco compreendido no mesmo.

Leonard Ravenhill, escreve que “Sem dúvida esta é uma das palavras mais desgastadas no vocabulário evangélico brasileiro. Mas quando Leonard Ravenhill escreve sobre avivamento ele não toma partido entre “carismáticos” e “tradicionais” e nem toma conhecimento das questões debatidas entre eles. Para ele, a questão não é se tocamos bateria em nossos templos ou se levantamos as mãos no culto de louvor. Ele nos chama a levantar um clamor a Deus para que ele fenda os céus e desça com poder e autoridade para tornar o seu nome notório na presença de seus adversários, fazendo as nações tremerem diante dele. (grifo nosso).

Apesar de não gostar de citar a Wikipedia em nenhum comentário, farei uma exceção neste, pois o conceito de avivamento utilizada pela mesma, está muito próximo ao correto.

Os avivamentos (ou reavivamentos) são acontecimentos, ditos moveres espirituais, em que há a transformação de vidas em número e são típicos do protestantismo angloamericano, embora tenham ocorrido em todos os continentes. Trata-se de grandes períodos de efervescência espiritual cristã, quando muitos, na maioria milhares, são atraídos às igrejas, principalmente pentecostais, e sinais incomuns como batismo no Espírito Santo e curas em massa acontecem.

Os avivamentos geralmente começam com oração, seja por parte do avivalista que toma o rumo do acontecimento, seja por parte de outros. Um exemplo clássico foi o de William Seymour, iniciante do Avivamento na Rua Azusa em 1905, que orava em torno de sete horas por dia antes do avivamento começar.

A Bíblia cita um texto muito importante no tocante a este assunto, no livro de Habacuque, mostrando uma oração do profeta clamando por mudanças no meio de seu povo.

  • Senhor, ouvi falar da tua fama; temo diante dos teus atos, Senhor. Realiza de novo, em nossa época, as mesmas obras, faze-as conhecidas em nosso tempo; em tua ira, lembra-te da misericórdia” (Hc 3.2 – NVI).

Estudaremos alguns movimentos que fizeram valer o termo AVIVAMENTO.

1 – REFORMA E AVIVAMENTO

Estudamos nas lições anteriores o que a Reforma Protestante “causou” no mundo. As mudanças foram vivenciadas em vários setores, pois a conversão genuína transforma pessoas que antes traziam problemas para a sociedade em vasos de ouro nas mãos de Deus.

A Reforma Protestante atingiu o cerne do cristianismo, ou seja, a Bíblia Sagrada, que havia sido esquecida pelo desejo de poder de uma igreja há muito deturpada.

1.1 – Os cristãos voltaram a priorizar a Bíblia como regra de fé e prática 

CG4T2017L13a

Todo o processo da salvação está intimamente ligado à Palavra de Deus, que é o instrumento do Espírito Santo para a conversão.

Paulo nos mostra que a fé vem pelo ouvir a Palavra (Rm 10.17), João escreve que a santificação acontece por meio da Palavra (Jo 17.17), o salmista dedica o maior salmo da Bíblia para a Palavra (Sl 119) e afirma que Ela é lâmpada para nossos pés e luz para o caminho (Sl 119.105).

Desta forma, qualquer movimento que não é oriundo da Palavra de Deus, não pode ser chamado de avivamento.

O capítulo 22 do segundo livro dos Reis de Israel, nos conta a história do Rei Josias, que começou a reinar com oito anos de idade, mas fez o que era reto aos olhos do Senhor. Tendo promovido uma reforma no templo, encontrou o livro da lei, que estava escondido e, após ler o mesmo foi tomado de grande tristeza e preocupação, pois o livro dizia que o Senhor traria mal ao povo que O abandonasse.

Sendo assim, após rasgar suas vestes em sinal de humilhação, colocou em seu coração, buscar o Senhor.

Vejamos o que nos diz o Livro dos Reis:

  • “Assim que o rei ouviu as palavras do livro da Lei, rasgou suas vestes e deu estas ordens ao sacerdote Hilquias, a Aicam, filho de Safã, a Acbor, filho de Micaías, ao secretário Safã e ao auxiliar real Asaías: Vão consultar o Senhor por mim, pelo povo e por todo Judá acerca do que está escrito neste livro que foi encontrado. A ira do Senhor contra nós deve ser grande, pois nossos antepassados não obedeceram às palavras deste livro, nem agiram de acordo com tudo que nele está escrito a nosso respeito.
    O sacerdote Hilquias, Aicam, Acbor, Safã e Asaías foram falar com a profetisa Hulda, mulher de Salum, filho de Ticvá e neto de Harás, responsável pelo guarda-roupa do templo. Ela morava no bairro novo de Jerusalém.
    Ela lhes disse: “Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: ‘Digam ao homem que os enviou a mim:
    Assim diz o Senhor: Eu vou trazer desgraça sobre este lugar e sobre seus habitantes; tudo o que está escrito no livro que o rei de Judá leu.
    Porque me abandonaram e queimaram incenso a outros deuses, provocando-me à ira por meio de todos os ídolos que as mãos deles têm feito, minha ira arderá contra este lugar e não será apagada’.
    Digam ao rei de Judá, que os enviou para consultar o Senhor: ‘Assim diz o Senhor, o Deus de Israel, acerca das palavras que você ouviu:
    Já que o seu coração se abriu e você se humilhou diante do Senhor, ao ouvir o que falei contra este lugar e contra seus habitantes, que seriam arrasados e amaldiçoados, e porque você rasgou as vestes e chorou na minha presença, eu o ouvi, declara o Senhor.
    Portanto, eu o reunirei aos seus antepassados, e você será sepultado em paz. Seus olhos não verão toda a desgraça que eu vou trazer sobre este lugar’ “. Então eles levaram a resposta ao rei” (2 Rs 22.11-20 – NVI). 

Por Leonardo Novais de Oliveira

COMUNICADO IMPORTANTE

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

CLIQUE AQUI para continuar estudando a lição conosco…

 

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e ainda continuar estudando a lição conosco…

Decidimos unir o Ensino com Missões e assim, alavancar recursos financeiros para contribuir com esses projetos.

Cada um de nós poderemos contribuir com o site ebdcomentada.com e com as obras de missões citadas, realizando o cadastro como assinante e escolhendo o plano que achar conveniente.

Optamos por oferecer valores acessíveis para que todos continuem a desfrutar dos nossos esboços e ao mesmo tempo AJUDAR a obra missionária, portanto a EBD Comentada, juntamente com você estará ao mesmo tempo ENSINANDO e FAZENDO MISSÕES.

Contamos com a ajuda de todos para mantermos este trabalho que tem auxiliado milhares de professores no Brasil e no mundo.

“Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mt 28.19 – ARC).

Qualquer dúvida referente aos planos ou mesmo depois de adquiri-lo, surgir algum problema, entre em contato conosco (contato@ebdcomentada.com.br)

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada