Ensinando e fazendo Missões

Buscar esboços

Nossos Esboços

Central Gospel Jovens e Adultos – 2º Trimestre – 22/04/2018 – Lição 3: A Fé Sem Obras é Morta

18/04/2018

Este post é assinado por Leonardo Novais de Oliveira

TEXTO BÍBLICO BÁSICO

Mateus 7.21-27 

21 – Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.

22 – Muitos me dirão naquele Dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E, em teu nome, não expulsamos demônios? E, em teu nome, não fizemos muitas maravilhas?

23 – E, então, lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.

24 – Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha.

25 – E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.

26 – E aquele que ouve estas minhas palavras e as não cumpre, compará-lo–ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia.

27 – E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda. 

TEXTO ÁUREO

Aquele que diz que está nele também deve andar como ele andou. (1 Jo 2.6) 

OBJETIVOS

Ao término do estudo bíblico, o aluno deverá:

  • Entender a responsabilidade de se praticar o cristianismo;
  • Tomar a decisão de fazer a diferença por meio de suas ações;
  • Procurar, cada dia, firmar sua fé na Rocha, que é Cristo

PALAVRA INTRODUTÓRIA

Uma das características mais marcantes no ministério de Jesus, chamado o Cristo era que não existia somente teoria, mas ação.

O evangelista Lucas escreve, no livro de Atos, um texto sobre isto, leiamos:

Em meu livro anterior, Teófilo, escrevi a respeito de tudo o que Jesus começou a fazer e a ensinar”. (At 1.1 – NVI)

Quando o Verbo de Deus se manifestou aos homens (Jo 1.14), Ele encontrou um povo egoísta, individualista e cego espiritualmente, pois o Senhor havia dado a eles a missão de serem portadores da voz de Deus, ou seja, testemunhas do que Deus é capaz de fazer, mas, ao invés de permanecerem fiéis a isto, eles tornaram pessoas insensíveis e distantes dos mandamentos de Deus.

Em certa ocasião Jesus faz uma comparação marcante, chamando-os de “sepulcros caiados”, vejamos este texto:

“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas. Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de intemperança. Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia. Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade”. (Mt 23.23-28 ACF)

Dois mil anos se passaram e os homens continuam incorrendo no mesmo problema, pois apresentam ao mundo o Evangelho perfeito de Deus, que transforma o coração do pecador e prepara-o para morar no céu, mas não o praticam…

Quando falamos em obras, automaticamente nos lembramos do que Tiago escreveu, leiamos, pois:

“De que adianta, meus irmãos, alguém dizer que tem fé, se não tem obras? Acaso a fé pode salvá-lo? Se um irmão ou irmã estiver necessitando de roupas e do alimento de cada dia e um de vocês lhe disser: “Vá em paz, aqueça-se e alimente-se até satisfazer-se”, sem porém lhe dar nada, de que adianta isso? Assim também a fé, por si só, se não for acompanhada de obras, está morta. Mas alguém dirá: “Você tem fé; eu tenho obras”. Mostre-me a sua fé sem obras, e eu lhe mostrarei a minha fé pelas obras”. (Tg 2.14-18 – NVI)

Na separação das obras que foram consideradas inspiradas e constam do cânon sagrado, por pouco a epístola de Tiago não foi considerada como não sendo inspirada por Deus, pois para alguns ela confrontava o ensino de Paulo no tocante a salvação, escrita em Efésios 2, mas quando os estudiosos compreenderam a essência da prática cristã, voltaram atrás, pois Tiago não está falando que as obras salvam, mas que elas precisam fazer parte da vida daqueles que foram salvos.

Aprenderemos nesta lição sobre a importância de praticarmos boas obras, pois foi isto que o Senhor Jesus ensinou.

Ele não foi um teórico, mas alguém que fazia e ensinava como fazer.

Precisamos nos lembrar disto e não nos conformar com este mundo, assim como Paulo escreve aos Romanos (12.1,2), pois se o mundo jaz no maligno (1 Jo 5.19), nós somos de Deus.

1 – O TESTEMUNHO DO CRISTÃO

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa nos mostra o significado da palavra testemunho e do verbo testemunhar, leiamos:

TESTEMUNHO

  1. Depoimento de testemunha em juízo.
  2. [Figurado] Fé; prova; sinal; indício; vestígio.
  3. [Popular] Calúnia.

TESTEMUNHAR

  1. Dar testemunho de.
  2. Confirmar, atestar, afirmar; declarar ter visto, ouvido ou conhecido.
  3. [Figurado] Manifestar, revelar.
  4. Dar provas ou aparências de.
  5. Ver, presenciar, verificar.
  6. Servir ou depor como testemunha.

A história nos revela que os seguidores de Cristo começaram a ser chamados de cristãos pelo fato de praticarem as mesmas obras que Seu Mestre fazia.

Vejamos o que a Bíblia nos mostra sobre este assunto:

“E sucedeu que todo um ano se reuniram naquela igreja, e ensinaram muita gente; e em Antioquia foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos”. (At 11.26 – ACF)

De forma contrária, Pedro, quando confrontado pelos judeus sobre o fato de ser ou não discípulo de Jesus, negou-o veementemente e teve que ser acalentado e exortado por Jesus para se arrepender deste pecado.

“E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de Jonas, amas-me mais do que estes? E ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros. Tornou a dizer-lhe segunda vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Disse-lhe: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas. Disse-lhe terceira vez: Simão, filho de Jonas, amas-me? Simão entristeceu-se por lhe ter dito terceira vez: Amas-me? E disse-lhe: Senhor, tu sabes tudo; tu sabes que eu te amo. Jesus disse-lhe: Apascenta as minhas ovelhas”. (Jo 21.15-17 – ACF)

Será que somos testemunhas daquilo que Jesus fez e ensinou?

1.1 – Os cristãos primitivos

A igreja que se iniciou em Cristo tinha suas características e o livro de Atos, que mostra a continuação da vida dos discípulos de Jesus, após sua morte e ressurreição, é prova disto.

Vejamos alguns versículos:

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar”. (At 2.42-47 – ACF).

O texto nos diz que os discípulos cuidavam uns dos outros, ou seja, compartilhavam do que tinham em termos materiais, emocionais e espirituais, para que não faltasse nada para ninguém.

Grande parte dos movimentos e/ou seitas que já existiram sofreram grandes transformações ou simplesmente desaparecem quando seus líderes morrem, mas, no caso dos cristãos, a morte de Jesus, fez com que seus seguidores, ou seja, aqueles que compreenderam o que havia acontecido, tivessem força e fé para continuarem vivendo e ensinando as Palavras de Jesus, conforme Ele havia ordenado.

Leiamos dois textos nos evangelhos:

“Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”. (Mt 28.18-20 – NVI)

“E disse-lhes: “Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal nenhum; imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados”. Depois de lhes ter falado, o Senhor Jesus foi elevado ao céu e assentou-se à direita de Deus. Então, os discípulos saíram e pregaram por toda parte; e o Senhor cooperava com eles, confirmando-lhes a palavra com os sinais que a acompanhavam”. (Mc 16.15-20 – NVI)

O exemplo de Jesus foi seguido pelos cristãos primitivo e precisa continuar a ser por TODOS os cristãos que estão no mundo.

Não podemos deixar de comentar que muitas pessoas afirmam que um verdadeiro cristão é aquele que manifesta os sinais miraculosos de Jesus, mas não foi isto que o Senhor ensinou nestes versículos, pois os sinais acompanhariam os que cressem, mas os discípulos verdadeiros seriam conhecidos pelo que eles produzissem, ou seja, pelo seu modo de vida.

Por Leonardo Novais de Oliveira

COMUNICADO IMPORTANTE

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e ainda continuar estudando a lição conosco…

Decidimos unir o Ensino com Missões e assim, alavancar recursos financeiros para contribuir com esses projetos.

Cada um de nós poderemos contribuir com o site ebdcomentada.com e com as obras de missões citadas, realizando o cadastro como assinante e escolhendo o plano que achar conveniente.

Optamos por oferecer valores acessíveis para que todos continuem a desfrutar dos nossos esboços e ao mesmo tempo AJUDAR a obra missionária, portanto a EBD Comentada, juntamente com você estará ao mesmo tempo ENSINANDO e FAZENDO MISSÕES.

Contamos com a ajuda de todos para mantermos este trabalho que tem auxiliado milhares de professores no Brasil e no mundo.

“Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mt 28.19 – ARC).

Qualquer dúvida referente aos planos ou mesmo depois de adquiri-lo, surgir algum problema, entre em contato conosco (contato@ebdcomentada.com.br)

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada