Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

Central Gospel Jovens e Adultos – 2º Trimestre de 2019 – 23-06-2019 – Lição 12: A autoridade das armas espirituais

20/06/2019

Este post é assinado por Ezequiel Soares

TEXTO BÍBLICO BÁSICO

Efésios 6.10-17 

No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.

Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.

Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.

Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;

E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;

Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.

Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; 

TEXTO ÁUREO

Tito 3.1 

Admoesta-os a que se sujeitem aos principados e potestades, que lhes obedeçam e estejam preparados para toda boa obra.

OBJETIVOS DA LIÇÃO

  • Identificar as armas espirituais que constituem a armadura de Deus.
  • Reconhecer Saber como proceder diante dos embates espirituais da vida cristã.
  • Vencer os ataques de Satanás pelo revestimento da armadura de Deus.

PALAVRA INTRODUTÓRIA

Paz seja convosco!

Paulo nos leva ao cenário das armaduras no qual era bastante conhecido por conta do império romano para trazer ao cristão da época a importância das virtudes exigidas na caminhada com Cristo.

Por meio dessa alusão ele trabalha as virtudes de forma bastante sábia. Vamos nessa lição rever cada parte dessa armadura, conhecendo cada detalhe e nos familiarizando cada vez mais, pois essa armadura deve ser também usada pela igreja hoje.

Que Deus fale conosco.

1 – O CINTURÃO DA VERDADE

Esse simbolismo está entrelaçado com Isaías 11.5: “A retidão será a faixa de seu peito, e a fidelidade o seu cinturão.” 

Devemos considerar também a respeito do cinturão da verdade que à alusão utilizada corresponde à verdade de Deus, a verdade cristã, ou seja, segundo ela se encontra na pessoa de Cristo. Tudo que está envolvido desde a conversão sobre a conduta do cristão, de acordo com os padrões verdadeiramente bíblicos.

Alguns veem aqui a verdade como alusão particular à “fidelidade”, à “lealdade” a Cristo, conforme se vê no trecho de Isaías 11.5. Também está aqui em foco a harmonia com a “revelação” divina e a lealdade à mesma, em contraste com as heresias dos gnósticos, ou com outros desvios doutrinários, ou mesmo com uma conduta incorreta. Há também aqueles que veem uma significação especial no cinto, associado à verdade, porque era essa a peça que ligava as diversas peças entre si; assim sendo, a verdade permeando o todo.

O cinto como confere unidade a todas as peças da armadura, confere harmonia na armadura sendo todas as virtudes da mesma sendo exercida dentro da esfera da verdade. 

De fato, vocês ouviram falar dele, e nele foram ensinados de acordo com a verdade que está em Jesus. (Efésios 4.21)

2 – COURAÇA DA JUSTIÇA

Essa referência é messiânica, com toda a probabilidade, revelando-nos a preparação moral do Messias, o qual, mediante tal preparo, derrotou seus inimigos e completou sua missão e vitória.

No trecho de I Tessalonicenses 5.8: “Nós, porém, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo a couraça da fé e do amor e o capacete da esperança da salvação.”

O peitoral aparece composto da fé e do amor, e a fé é também o escudo do crente. Existiam vários tipos de peitoral, feitos de diferentes materiais, nas armaduras antigas. Os guerreiros levemente armados usavam um peitoral feito de linho; algumas nações bárbaras equipavam seus soldados com peitorais feitos de chifre ou osso, cortados em pedaços pequenos e pendurados esses pedaços como escamas, amarrados sobre um capote de couro ou de linho. Mais tarde foram introduzidas tiras flexíveis de aço, dobradas umas sobre as outras. Os lanceiros romanos usavam cotas de malha, ou armaduras flexíveis feitas de tiras de metal ligadas entre si.

O peitoral protegia os órgãos vitais do tórax e da parte superior do abdômen. O que para o soldado era uma proteção extremamente importante. Assim é a justiça ou retidão para o crente. É a própria retidão de Deus que está aqui em foco; porque ninguém pode chegar à sua presença se não possuir exatamente essa modalidade de retidão.

3 – AS SANDÁLIAS DO EVANGELHO

Por Ezequiel Soares

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada