Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

Central Gospel Jovens e Adultos – 1º Trimestre de 2019 – 03-03-2019 – Lição 9: Lucas retrata o Filho do Homem escatológico

28/02/2019

Este post é assinado por Ezequiel Soares

TEXTO BÍBLICO BÁSICO

Lucas 17.22-30

22 – E disse aos discípulos: Dias virão em que desejareis ver um dos dias do Filho do Homem e não o vereis.

23 – E dir-vos-ão: Ei-lo aqui! Ou: Ei-lo ali! Não vades, nem os sigais,

24 – porque, como o relâmpago ilumina desde uma extremidade inferior do céu até à outra extremidade, assim será também o Filho do Homem no seu dia.

25 – Mas primeiro convém que ele padeça muito e seja reprovado por esta geração.

26 – E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do Homem.

27 – Comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e consumiu a todos.

28 – Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam.

29 – Mas, no dia em que Ló saiu de Sodoma, choveu do céu fogo e enxofre, consumindo a todos.

30 – Assim será no dia em que o Filho do Homem se há de manifestar. 

TEXTO ÁUREO

Lucas 21.27 

E, então, verão vir o Filho do Homem numa nuvem, com poder e grande glória.

OBJETIVOS DA LIÇÃO

  • Entender as razões de Jesus ter-se declarado Filho do Homem;
  • Considerar a volta de Jesus como uma realidade iminente;
  • Conscientizar-se da necessidade de estar preparado para a volta do Filho do Homem.

PALAVRA INTRODUTÓRIA

Paz seja convosco!

Nessa lição finalizaremos o nosso estudo no livro de Lucas estudando sobre a volta de Cristo, o termino de todo o ministério do “Filho do homem”; fazendo um paralelo do seu contexto messiânico e também Escatológico. O porquê de Cristo ser declarado Filho do homem; colocando também em pauta da nossa lição a certeza de sua vinda e a necessidade de mantermos sempre alertas, prontos para o dia do Senhor.

Que Deus fale conosco.

1 – JESUS DECLAROU SER O FILHO DO HOMEM

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais – https://ebdcomentada.com

Quando Jesus se refere à própria missão, ele adota a expressão “Filho do homem”, em vez de “Messias” ou “Filho de Deus”. Podemos concluir que, em aramaico, “Filho do homem” não era um título, mas uma autodesignação empregada em certos contextos, e Jesus a usou dessa maneira. Entretanto, em Daniel 7 a expressão é usada de maneira informal para designar alguém “parecido com um filho de homem” e, por conseguinte, a expressão veio a ser um meio de se referir à pessoa assim descrita.

Para afastar as falsas esperanças de um messianismo político, Jesus aplicou esta expressão a si mesmo. Deste modo sublinhava ao mesmo tempo sua fragilidade humana, enquanto Servo Sofredor (Marcos 8.31; 10.45; Isaías 53.10) e sua grandeza sobrenatural e gloriosa (Marcos 8,38; 12,36; 14,62). Após a ressurreição a expressão “filho do Homem” foi entendida em sentido messiânico (Atos 7.56; Apocalipse 1.13).

2 – O FILHO DO HOMEM NAS ESCRITURAS

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais – https://ebdcomentada.com

“Filho do homem”, isto é, um homem mortal e fraco, nascido de mulher, um ser distinto entre as ordens da criação. 

Na tradução do aramaico e do grego, a expressão tem vários significados nas Escrituras, dependendo do contexto. Em Salmos 8.4, significa “homem” em geral; em Ezequiel 2.1, enfatiza a diferença entre o profeta humano e o Senhor que fala com ele e por meio dele; em Daniel 7.13, a expressão refere-se a uma figura semelhante a um ser humano, mas também sobrenatural, líder dos santos do Altíssimo (Dn 7.18); enquanto no Novo Testamento a expressão é normalmente usada como um título para o Senhor Jesus (exceto em Apocalipse 1.13; 14.14).

O título aparece mais de 80 vezes no Novo Testamento, todas nos Evangelhos, exceto uma (veja Atos 7.56, a única passagem em que não é usada por nosso Senhor; João 12.34 não é uma exceção verdadeira, porque aqui é usada como uma citação das palavras do Senhor Jesus).

2.1 – Em Daniel

Daniel 7:13

13 Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. (ARC)

Daniel 7.13 fala numa figura misteriosa, “um como o filho do homem” é conduzido com as nuvens do céu diante de Deus, para d’Ele receber a realeza. O que é para o autor de Daniel 7 essa figura do “filho do homem”, torna-se claro nos v.18.22.27: como os quatro animais simbolizam quatro impérios terrestres anti-divinos, assim o “filho do homem” representa o Messias.

O relato do nascimento se inicia com o anjo Gabriel sendo enviado a ter com Maria, a qual a saúda de forma alegre e lhe diz o que haveria de ocorrer. Dado momento, Maria levanta o questionamento e logo é respondida por Gabriel como se acha no texto de Lucas 1:34,35:

Lucas 1:34-35

34 E disse Maria ao anjo: Como se fará isso, visto que não conheço varão?

35 E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; pelo que também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus. (ARC) 

Sobre o texto de Daniel 7.13, Norman Russell Champlin acrescenta que Estavam sendo feitos arranjos para que o Reino Eterno tomasse conta dos reinos temporais. Uma grande personagem entra em cena, uma Nova Figura, de forma humana, em contraste com as feras que essa nova personagem estava substituindo.

Algumas traduções interpretam a figura dando-lhe o título de “Filho do Homem” e tornando a referência definitivamente messiânica. A verdadeira tradução é apenas “um filho de homem”, mas isso não elimina, necessariamente, a referência messiânica. O equivalente desse Filho do Homem é a Grande Pedra do capítulo 2.34,35,45 de Daniel.

O Filho do Homem aparecerá com a finalidade de ser investido com Seu reino, conforme demonstra Daniel 7.14. Haverá um tempo de mudanças universais e radicais quando a vontade humana for absorvida pelo Ser divino. Seguir-se-á então o milênio e, depois disso, a era eterna, quando todos os elevados propósitos divinos terão cumprimento, em consonância com o Mistério da Vontade de Deus!

2.2 – Nos Evangelhos

Por Ezequiel Soares

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada