Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

Betel Jovens – 4º Trimestre de 2018 – 23-12-2018 – Lição 12: Ninguém para essa obra

17/12/2018

Esse post é assinado por Carlos Henrique Soares

TEXTO DE REFERÊNCIA

Naquele tempo houve um grande tumulto por causa do Caminho.

Um ourives chamado Demétrio, que fazia miniaturas de prata do templo de Ártemis e que dava muito lucro aos artífices,

reuniu-os juntamente com os trabalhadores dessa profissão e disse: “Senhores, vocês sabem que temos uma boa fonte de lucro nesta atividade

e estão vendo e ouvindo como este indivíduo, Paulo, está convencendo e desviando grande número de pessoas aqui em Éfeso e em quase toda a província da Ásia. Diz ele que deuses feitos por mãos humanas não são deuses.

Não somente há o perigo de nossa profissão perder sua reputação, mas também de o templo da grande deusa Ártemis cair em descrédito e de a própria deusa, adorada em toda a província da Ásia e em todo o mundo, ser destituída de sua majestade divina”.

 Ao ouvirem isso, eles ficaram furiosos e começaram a gritar: “Grande é a Ártemis dos efésios! “

Em pouco tempo a cidade toda estava em tumulto. O povo foi às pressas para o teatro, arrastando os companheiros de viagem de Paulo, os macedônios Gaio e Aristarco.

At 19 .23-29

VERSÍCULO DO DIA

Vocês mesmos podem ver e ouvir o que esse tal de Paulo está fazendo. Ele afirma que os deuses feitos por mãos humanas não são deuses de verdade. E está conseguindo convencer muita gente, tanto daqui como de quase toda a província da Ásia.  At 19.26

OBJETIVOS DA LIÇÃO

  • Reconhecer que sempre haverá pessoas querendo atrapalhar a obra de Deus;
  • Entender que a confiança em Deus faz os cristãos enfrentar as crises;
  • Compreender que é necessário seguir em frente diante dos propósitos de Deus.

INTRODUÇÃO

Éfeso, era uma das maiores cidades do Império Romano, capital da província chamada Ásia Menor, cujo território pertence hoje à Turquia. Localizava-se às margens do rio Caístro. Entre suas construções, destacava-se o templo da deusa Diana, também conhecida como Artêmis. Os cultos ali realizados incluíam a prostituição em seus rituais. Tal edifício estava entre as sete maravilhas do mundo antigo. O templo foi incendiado no dia em que nasceu Alexandre Magno. Posteriormente, o próprio Alexandre ofereceu-se para reconstruí-lo. Contudo, sua oferta foi recusada pelos efésios, os quais reconstruíram o santuário, tornando-o mais esplêndido do que antes.

Quando escreveu a primeira carta aos coríntios, Paulo estava em Éfeso. Talvez por isso, diante da grandiosidade daquela construção, o apóstolo fala sobre a igreja de Cristo, comparando-a a um edifício. Ele menciona o processo de edificação, o fundamento, os construtores e o material utilizado (I Cor.3.9-17). Mais tarde, quando escreve aos Efésios, Paulo volta a essa comparação (Ef.2.19-22).

Havia em Éfeso uma grande biblioteca e um teatro com lugares para 25 mil pessoas assentadas. A cidade possuía o principal porto da Ásia, colocando-se, assim, na rota comercial do Império. Foi construído naquela cidade um templo para a realização de cultos ao imperador romano.

Hoje, existem apenas ruínas daquele grande centro urbano, entre as quais se destaca a fachada da antiga biblioteca. Nessa cidade, Paulo passou três anos, ensinando tanto a judeus como a gregos, pregando tanto acerca do arrependimento como da fé.

Uma cidade de mágicos e idólatras, Paulo e seus companheiros anunciaram a Cristo, levando centenas de pessoas a abandonarem a idolatria.

1 – RECLAMANDO DO PREJUÍZO

Um ourives chamado Demétrio fazia pequenos modelos de prata do templo da deusa Diana, e o seu negócio dava muito lucro aos que trabalhavam com ele. At 19.24

Diana era considerada uma deusa da fertilidade. Representava-a uma escultura feminina com numerosos peitos. Uma enorme estátua (que se dizia vinda do céu, (At 19.35) estava no grande templo de Éfeso. Esse templo era uma das maravilhas do mundo antigo. A festa a Diana incluía orgias selvagens e farras. É óbvio que a vida religiosa e comercial de Éfeso refletia o culto da cidade a esta deidade pagã.

1.1 – Pregando contra a idolatria

Sempre que a obra de Deus avança, o diabo contra-ataca!

Na mesma medida em que a igreja crescia em Éfeso e a partir de Éfeso, uma implacável perseguição movida por interesses religiosos e financeiros se instalou na cidade, capitaneada por Demétrio, o ourives fabricante das estatuetas de Diana.

A cidade ficou totalmente alvoroçada. Uma grande multidão se ajuntou para gritar o nome da deusa Diana a ponto de a maioria nem saber exatamente o que estava acontecendo na cidade.

Não fora a intervenção do escrivão da cidade, aquele tumulto teria se transformado numa perigosa sedição, provocando grandes desastres para os crentes efésios e, quiçá (talvez por ventura), para o próprio apóstolo Paulo.

1.2 – Uma grande confusão

Um negócio lucrativo era dirigido por uma sociedade de ourives que faziam e vendiam miniaturas de nichos de prata contendo imagens da deusa.

O ministério de Paulo foi tão eficaz que a venda dos nichos começou a diminuir. Por isso Demétrio convocou uma reunião dos sócios e fez-lhes ver que o comércio dos ourives estava em perigo de cair em descrédito e que se os evangelistas não fossem impedidos, a própria deusa Diana teria destruída a sua majestade. Ela seria deposta da sua magnificência. Diana era adorada, ao que se sabe, em pelo menos trinta e três lugares do mundo antigo.

O espírito enganador dos ourives propagou-se como uma epidemia espalhando-se por toda a cidade dando lugar a uma demonstração pública no teatro ao ar livre.

As ruínas deste teatro já foram descobertas; podia conter mais de vinte cinco mil pessoas. Uma vez que Paulo não estava por ali no momento, a multidão agarrou dois companheiros seus; e quando o apóstolo se propunha a sair para enfrentar a multidão, outros discípulos não deixaram que fosse.

2 – NOVOS RUMOS

Por Carlos Henrique Soares

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada