Ensinando e fazendo Missões

Buscar esboços

Nossos Esboços

Betel Jovens – 2º Trimestre de 2018 – 13/05/2018 – Lição 7: A confiança de um adorador

11/05/2018

Este post é assinado por Jesrrael Fonseca Santos

TEXTO DE REFERÊNCIA

8 E o rei da Síria fazia guerra a Israel; e consultou com os seus servos dizendo: Em tal e em tal lugar estará o meu acampamento.
9 Mas o homem de Deus enviou ao rei de Israel, dizendo: Guarda-te de passares por tal lugar; porque os siros desceram ali.
10 Pelo que o rei de Israel enviou àquele lugar, de que o homem de Deus lhe falara e de que o tinha avisado, e se guardou ali, não uma nem duas vezes.
11 Então, se turbou com este incidente o coração do rei da Síria, e chamou os seus servos, e lhes disse: Não me fareis saber quem dos nossos é pelo rei de Israel?
12 E disse um dos seus servos: Não, ó rei, meu senhor; mas o profeta Eliseu, que está em Israel, faz saber ao rei de Israel as palavras que tu falas na tua câmara de dormir.
13 E ele disse: Vai e vê onde ele está, para que eu envie e mande trazê-lo. E fizeram-lhe saber, dizendo: Eis que está em Dotã.
14 Então, enviou para lá cavalos, e carros, e um grande exército, os quais vieram de noite e cercaram a cidade.
15 E o moço do homem de Deus se levantou mui cedo e saiu, e eis que um exército tinha cercado a cidade com cavalos e carros; então, o seu moço lhe disse: Ai! Meu senhor! Que faremos?
16 E ele disse: Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles.
17 E orou Eliseu e disse: SENHOR, peço-te que lhe abras os olhos, para que veja. E o SENHOR abriu os olhos do moço, e viu; e eis que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo, em redor de Eliseu.
18 E, como desceram a ele, Eliseu orou ao SENHOR e disse: Fere, peço-te, esta gente de cegueira. E feriu-a de cegueira, conforme a palavra de Eliseu.
19 Então, Eliseu lhes disse: Não é este o caminho, nem é esta a cidade; segui-me, e guiar-vos-ei ao homem que buscais. E os guiou a Samaria.
20 E sucedeu que, chegando eles a Samaria, disse Eliseu: Ó SENHOR, abre a estes os olhos para que vejam. O SENHOR lhes abriu os olhos, para que vissem, e eis que estavam no meio de Samaria.
21 E, quando o rei de Israel os viu, disse a Eliseu: Feri-los-ei, feri-los-ei, meu pai?
22 Mas ele disse: Não os ferirás; feririas tu os que tomasses prisioneiros com a tua espada e com o teu arco? Põe-lhes diante pão e água, para que comam e bebam e se vão para seu senhor.
23 E apresentou-lhes um grande banquete, e comeram e beberam; e os despediu, e foram para seu senhor; e não entraram mais tropas de siros na terra de Israel.

2 Reis 6.8–23

VERSÍCULO DO DIA

E ele disse: Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles. 1 Reis 6.16

OBJETIVOS DA LIÇÃO

Ao término do estudo bíblico, o aluno deverá:

  • Compreender que a confiança em Deus nos trás segurança;
  • Entender que Elizeu foi um exemplo de confiança;
  • Aprender a colocar a nossa confiança em Deus.

INTRODUÇÃO

Eliseu era filho de Safate, de Abel-Meolá no Vale do Jordão. As únicas informações sobre quem foi Eliseu antes do que é registrado sobre seu ministério, encontra-se em 1 Reis 19:16,19-21. Entretanto, nenhum detalhe realmente esclarecedor nos é revelado sobre sua biografia.

Não é dito nada sobre o lugar de seu nascimento, porém talvez podemos supor que ele fosse natural de Abel-Meolá mesmo. Também não sabemos qual era sua idade quando o profeta Elias o convidou para partir com ele, apesar de o relato bíblico parecer indicar que ele era jovem, pois ele procurou se despedir de seus pais (1Rs 19:20).

É possível também que a família de Eliseu tenha tido certos recursos, pois quando o profeta Elias o encontrou, ele estava lavrando com doze juntas de boi, conduzindo ele a décima segunda junta (1Rs 19:19).

O fato de Eliseu ter sacrificado a junta de bois, parece indicar sua formação religiosa e seu compromisso em encerrar seu antigo modo de vida e se dedicar exclusivamente ao novo, a qual estava sendo convocado.

Eliseu foi convidado pelo profeta Elias para acompanhá-lo. Ele serviu como um tipo de aprendiz ou auxiliar. Também devemos nos lembrar de que a convocação de Eliseu para o ministério profético foi feita pelo próprio Deus que instrui o profeta Elias acerca disso no Monte Horebe (1Rs 19:16).

Se contarmos o período de seu ministério considerando desde sua chamada, então podemos concluir que seu ministério durou algo em torno de cinquenta anos, atravessando toda a última metade do século 9 a.C. e cobrindo os reinados de Acabe, Acazias, Jeorão, Jeú, Jeocaz e Joás.

A narrativa acerca do ministério do profeta Eliseu está registrada nos livros de Reis (1Rs 19 e 2Rs 2-9; 13). Vale ressaltar que Eliseu permaneceu como servo de Elias até que este foi trasladado (1Rs 19:21; 2Rs 3:11).

No registro do ministério do profeta Eliseu, percebemos uma diversificação bem interessante com relação a sua atuação, indo deste o contato com uma viúva endividada até homens ricos, poderosos e monarcas.

Eliseu era influente no palácio de Israel (2Rs 5:8; 6:9,12,21,22; 6:32-7:2; 8:4; 13:14-19) e em outros reinos, como em Judá na época do reinado de Josafá (2Rs 3:11-19) e na Síria (2Rs 8:7-9).

Eliseu também completou a missão de Elias, com referência à unção de Hazael como rei da Síria e a unção de Jeú como rei de Israel (2Rs 8:12,13; 9:1-10; cf. 1Rs 19:15,16). Eliseu também agiu como líder das escolas de profetas, seguindo a tradição de Samuel (2RS 4:38-44; 6:1-7; cf. 1Sm 19:20).

1 – O QUE DEUS REVELA

A partir dessa passagem na Bíblia, vemos que as invasões sírias descritas nessa passagem ocorreram durante a época de Jorão (3.1), e não mais tarde durante o reinado de Jeú, Jeoás ou Jeoacaz. A vitória, concedida por Deus através de seu profeta, deve ser entendida como o triunfo divino permanente sobre Baal, e tinha a finalidade de que Israel se voltasse inteiramente ao Senhor e aos sírios que haviam sido conquistados para Ele. Dessa forma, toda essa história, embora seja principalmente política e militar, não deixa de ser uma “história de salvação”.

A nosso ver, teria sido muito mais lógico o Senhor designar Elias, o “filho do trovão”, para confrontar os exércitos inimigos que invadiram Israel. Em vez disso, porém, escolheu Eliseu, o jovem agricultor de espí­rito pacífico. Eliseu era como o “cicio tranquilo e suave” que veio depois do tumulto do vento, do terremoto e do fogo (1 Rs 19:11, 12), assim como Jesus veio depois de João Batista, o pregador com um machado na mão. Ao declarar a justiça de Deus e chamar ao arrependimento, tanto Elias quanto João Batista prepararam o caminho para o ministério de seus sucessores, pois sem convicção da culpa não há verdadeira conversão. Com o sempre nas Escrituras, o principal ator desse drama é o Senhor e não o profeta. Por aquilo que disse e fez, bem como por aquilo que deixou de fazer, Eliseu revelou o caráter do Deus de Israel ao rei Jorão e a seu povo. Jeová não é como os ídolos das nações (Sl 115), pois somente ele é o verdadeiro Deus vivo.

1.1 – A maldade revelada

Sempre que os siros planejavam um ataque à fronteira, o Senhor dava a informação a Eliseu, e o profeta avisava o rei. Baal jamais poderia ter feito isso pelo rei Jorão, pois os ídolos “Têm olhos e não vêem ” (Sl 115:5). O Senhor não apenas vê as ações, mas também os pensamentos de todos.

O Senhor conhece os pensamentos do homem, que são vaidade.

Salmos 94:11

A maioria das pessoas em Israel, o reino do Norte, não era fiel ao Senhor e, no entanto, em sua misericórdia, ele cuidou do seu povo.

Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel.

Salmos 121:4

O rei da Síria estava certo de que havia um traidor em seu acampamento, pois a mente do incrédulo interpreta todas as coisas do ponto de vista do mundo. Os idólatras tornam-se como os deuses que adoram (Sl 11 5:8), de modo que Ben-Hadade estava tão cego quanto seu deus Rimom (2 Rs 5:18). Porém, um dos oficiais de Ben-Hadade sabia o que estava acontecendo e informou ao rei que o profeta Eliseu estava encarregado da “inteligência militar” e tinha conhecimento do que o rei dizia e fazia até no próprio quarto.

Por Jesrrael Fonseca Souza

Para continuar lendo CLIQUE AQUI

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada