Buscar esboços

Nossos Esboços

Betel Adultos – 4º Trimestre de 2017 – 31/12/2017 – Lição 14: A bem-aventurada esperança da Igreja

26/12/2017

Este post é assinado por Cláudio Roberto de Souza

TEXTO ÁUREO 

  • Tito 2:13
    13 aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo, (ARC) 

TEXTO DE REFERÊNCIA 

  • João 14:3
    3 E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também. (ARC) 
  • Atos 1:11
    11 os quais lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir. (ARC) 
  • 1 Coríntios 15:52
    52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. (ARC) 
  • Apocalipse 22:20
    20 Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente, cedo venho. Amém! Ora, vem, Senhor Jesus! (ARC) 

INTRODUÇÃO

A paz do Senhor! 

Estamos encerrando o trimestre e o ano de 2017. A EBD Comentada aproveita para desejar-lhe um Feliz Ano Novo! 

Como toda a virada de ano é cercada por boas expectativas que criamos e até planejamos, nada melhor do que encerrar o ano velho e iniciar o ano novo discorrendo da maior e mais sublime esperança que um homem pode possuir… A esperança de um dia estar para sempre com Deus! 

A lição abordará que a caminhada cristã nesta terra tem um objetivo singular que está relacionado com aquilo que é celestial e não terreno. A Igreja é aquela que tem os pés na terra, mas a sua cabeça, isto é, a sua mente, está nos céus.

Vivendo aqui, mas com os ouvidos afinados pelo diapasão do Espírito, aguardamos o estrugir da trombeta para sermos arrebatados!

1 – O PRESENTE E O FUTURO DA IGREJA

Por incrível que possa parecer, ainda existem pensadores que questionam a historicidade de Jesus, ou seja, duvidam que Jesus tenha sido um personagem real, que nasceu, viveu e morreu; colocam em xeque a sua existência.

Ora, duvidar do Cristo histórico é remover todo o fundamento da fé Cristã, pois se alguém jamais existiu, tudo em torno dele também não. Não dependemos de tais pensadores e suas posições anticristãs.

O nosso alicerce é a Palavra de Deus e com ela corrobora a ciência arqueológica que sempre está descobrindo fatos que cada vez mais apoiam os escritos sagrados, inclusive a historicidade de Jesus!

É a Bíblia quem relata os acontecimentos relacionados a morte mais importante que ocorreu na história da humanidade – a morte de Jesus. É o mesmo Livro quem relata posteriormente a Sua ressurreição dentre os mortos com testemunhas oculares (I Co 15.1-8)!

O fato de Jesus ter ressuscitado, torna-se garantia da ressurreição daqueles que nEle creem:

  • 1 Coríntios 15:16-17
    16 Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou.
    17 E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. (ARC) 

A crença da ressureição não é fundamentada apenas pela fé, mas também por evidências históricas (I Co 15.1-8).

Tal ressurreição se dará pela ocasião da segunda manifestação de Jesus Cristo, isto é, o arrebatamento da Igreja.

Este evento que aponta para o futuro e não tem data marcada, a não ser sinais que apontam para a sua proximidade, passa a ser a maior esperança do discípulo de Jesus Cristo!

1.1 – O presente e a bem-aventurada esperança

O cristão é o único personagem que possui duas identidades que o caracteriza. A identidade terrena que o qualifica como cidadão da terra e a identidade celestial que o qualifica como cidadão do céu!

Por isso Jesus afirmou que os seus seguidores estão neste mundo (identidade terrena), mas não são deste mundo (identidade celestial – Jo 17.11,14,16).

  • 1 Tessalonicenses 1:9-10
    9 porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como dos ídolos vos convertestes a Deus, para servir ao Deus vivo e verdadeiro
    10 e esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dos mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura. (ARC)

Sobre o texto acima, Matthew Henry afirma que aqueles irmãos que se converteram dos ídolos e abandonaram todas as falsas adorações nas quais foram educados – PASSADO.

Entregaram-se a Deus, ao Deus vivo e verdadeiro e se dedicaram ao Seu serviço – PRESENTE.

E resolveram esperar pelo Filho de Deus dos céus. FUTURO.

4TBA2017L14a

E esta é uma das peculiaridades da nossa santa religião, esperar pela segunda vinda de Cristo, como aqueles que creem que Ele virá e esperam que Ele venha para a nossa alegria.

Os fiéis do Antigo Testamento esperavam pela vinda do Messias (Lc 2.25-38), e os fiéis de hoje pela Sua segunda vinda.

Cristo ainda virá. Deus o ressuscitou dos mortos, o que era a total garantia para todos os homens que Ele viria para o julgamento de todo o mundo (At 17.31).

A boa razão para ter esperança e esperar a Sua segunda vinda é que Ele nos livrou da ira futura. Quando vier novamente, irá trazer a salvação consigo. Ele trará a completa e final libertação do pecado, da morte e do inferno!

Toda a pregação apostólica girava em torno de três temas essenciais à vida cristã:

  • 1 – Salvação
  • 2 – Santificação;
  • 3 – E vinda de Jesus.

Olhando para o seu sermonário é fácil encontrar algumas mensagens com os temas citados acima?

Estes ensinos práticos se complementavam e conduziam aqueles primeiros cristãos a uma viva esperança da vida eterna, mesmo que viesse a enfrentar as maiores perseguições, como de fato ocorreu depois.

A esperança de habitar eternamente com o Senhor tem sido o ideal supremos dos salvos em todos os tempos! Aleluia!

1.2 – Identificação da bem-aventurada esperança

A Palavra de Deus não omite ou esconde a segunda vinda de Cristo, antes, escancara essa verdade propagando-a por toda a extensão Neo Testamentária.

A franqueza com que a Bíblia demonstra essa realidade encontra-se nas diversas expressões como as apresentadas pelo Bispo Abner:

  • 1 – “…esperar dos céus a seu Filho” – I Ts 1.10;
  • 2 – “…vinda do Senhor… O mesmo Senhor descerá do céu com alarido…” – I Ts 4.15-16;
  • 3 – “…manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo” – I Co 1.7;
  • 4 – “Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar…” – Cl 3.4;
  • 5 – “…bem-aventurada esperança” – Tt 2.13;
  • 6 – “…um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará” – Hb 10.37.

Cada uma delas criava e aguçava a expectativa de que Jesus Cristo voltaria logo. Nós estamos falando de um tempo logo após a sua morte. Ora, se eles já esperavam a segunda vinda de Jesus ainda no primeiro século da era cristã, quanto mais nós que já estamos vivendo o vigésimo primeiro século desta era!

A grande verdade é que ela está mais próxima hoje do que ontem… “E isto digo, conhecendo o tempo, que é já hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está, agora, mais perto de nós do que quando aceitamos a fé.” (Rm 13.11).

4TBA2017L14b

A exortação de Paulo ao Romanos para que despertassem do sono é uma palavra de ordem para os discípulos de Cristo em todos os tempos para que estejam em alerta, acordados e preocupados com o interesse eterno de suas almas. Precisamos manter a guarda espiritual elevada e não esmorecermos na obra da pregação do Evangelho!

O saudoso Pastor José Menezes exorta-nos que o tempo é este! Esta é a nossa estação de espera e preparo (I Co 15.34; Ef 5.14). Quando Paulo fala aos Romanos, ele tinha sua mente segura no futuro e olhava para o dia da transformação (salvação) do nosso corpo, noutro corpo isento da corrupção.

Contra a expectativa da Sua vinda e posteriormente a manifestação do Seu Reino, combate o materialismo humanista que chegou em nossos púlpitos com a roupagem da Teologia da Prosperidade. Nas entrelinhas da sórdida doutrina que insiste em permanecer em nosso meio, retira-se ou diminui-se a esperança mor do Cristão que é estar para sempre com o Seu Senhor.

Tal doutrina oferece bens, prazeres, sucessos e bem-aventuranças nesta vida em proporções tais que o indivíduo fisgado por ela, passa a desejar estar aqui e usufruir também aqui das benesses propostas por tais pregadores da funesta doutrina. O céu se torna secundário. Isto é tão real que mensagens sobre o tema: Arrebatamento da Igreja, tornaram-se escassas em nossos púlpitos, enquanto que a mensagem de prosperidade é abundante.

Enquanto a noite das trevas, do desvio do pecado vai passando, evitemos o sono da ociosidade e as obras da ignorância espiritual; porque doutra sorte perderemos a cidadania celestial. Andemos como cidadãos iluminados pelo Espírito de Deus, “vestidos com as armas da luz”. E porque vestir as armas da luz? Porque só assim conservaremos as nossas candeias acessas esperando o Senhor que virá (Hb 10.37).

Por Cláudio Roberto

COMUNICADO IMPORTANTE

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

CLIQUE AQUI para continuar estudando a lição conosco…

 

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e ainda continuar estudando a lição conosco…

Decidimos unir o Ensino com Missões e assim, alavancar recursos financeiros para contribuir com esses projetos.

Cada um de nós poderemos contribuir com o site ebdcomentada.com e com as obras de missões citadas, realizando o cadastro como assinante e escolhendo o plano que achar conveniente.

Optamos por oferecer valores acessíveis para que todos continuem a desfrutar dos nossos esboços e ao mesmo tempo AJUDAR a obra missionária, portanto a EBD Comentada, juntamente com você estará ao mesmo tempo ENSINANDO e FAZENDO MISSÕES.

Contamos com a ajuda de todos para mantermos este trabalho que tem auxiliado milhares de professores no Brasil e no mundo.

“Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mt 28.19 – ARC).

Qualquer dúvida referente aos planos ou mesmo depois de adquiri-lo, surgir algum problema, entre em contato conosco (contato@ebdcomentada.com.br)

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada