Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

Betel Adultos – 3º Trimestre de 2019 – 21-07-2019 – Lição 3: Lucas, o evangelho da alegria

19/07/2019

Esse post é assinado por Leonardo Novais de Oliveira

TEXTO ÁUREO

“Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador” (Lc 1.46,47).

TEXTO DE REFERÊNCIA

Lc 1.28-32

  1. E, entrando o anjo onde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.
  2. E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras e considerava que saudação seria está.
  3. Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus,
  4. E eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.
  5. Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai,

OBJETIVOS DA LIÇÃO

  • Apontar expressões de alegria no evangelho de Lucas;
  • Mostrar o júbilo dos santos, dos anjos e de Deus;
  • Apresentar o que causa a alegria divina.

INTRODUÇÃO

Caros irmãos (ãs), Paz do Senhor.

Chegamos à lição de número 3 e nesta, estudaremos sobre a forma com que Lucas aborda a questão da alegria no evangelho que leva seu nome.

Dentre os muitos assuntos tratados por Lucas, a alegria merece destaque e ele nos traz preciosas lições sobre o mesmo, como por exemplo nas parábolas da ovelha da dracma e do filho perdidos, vejamos:

“Que homem dentre vós, tendo cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove e não vai após a perdida até que venha a achá-la? E, achando-a, a põe sobre seus ombros, cheio de júbilo; e, chegando à sua casa, convoca os amigos e vizinhos, dizendo-lhes: Alegrai-vos comigo, porque já achei a minha ovelha perdida”. (Lc 15.4-6 – ARC – grifo nosso)

“Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar? E, achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida. Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende”. (Lc 15.7-10 – ARC – grifo nosso)

“Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa, e vesti-lho, e ponde-lhe um anel na mão e sandálias nos pés, e trazei o bezerro cevado, e matai-o; e comamos e alegremo-nos, porque este meu filho estava morto e reviveu; tinha-se perdido e foi achado. E começaram a alegrar-se. E o seu filho mais velho estava no campo; e, quando veio e chegou perto de casa, ouviu a música e as danças”. (Lc 15.22-25 – ARC – grifo nosso)

Em um único capítulo encontramos três histórias que tratam de alegria e júbilo.

As expressões que Lucas utiliza traduzem um Deus amoroso e alegre, interessado na comunhão com os seres humanos, apresentando Jesus como filho de Deus, mas mostrando de forma inigualável, aspectos de sua humanidade.

Somente um Deus que decidiu se revelar ao homem através de um homem e, por isto, pôde sentir as emoções que sentimos, tem condições de se compadecer de nós.

“Mas Jesus, o Filho de Deus, é o nosso grande Supremo Sacerdote que foi diretamente para o céu, a fim de nos ajudar; portanto não deixemos nunca de confiar nele. Este nosso Supremo Sacerdote compreende as nossas fraquezas, visto que Ele teve as mesmas tentações que nós temos, ainda que Ele nunca cedeu a elas nem pecou. Portanto, vamos ousadamente até o próprio trono de Deus e permaneçamos lá para recebermos a sua misericórdia e acharmos a sua graça para nos ajudar em nossos tempos de necessidade”. (Hb 4.11-16 – BV)

Estudaremos nesta lição, alguns aspectos desta alegria relatada por Lucas.

1 – EXPRESSÕES JUBILOSAS DO LIVRO DE LUCAS

De acordo com o Dicionário Priberam, a palavra júbilo quer dizer:

jú·bi·lo (latim jubilum, -i, grito de alegria): Grande contentamento; alegria expansiva. = JUBILAÇÃO ≠ MÁGOA, TRISTEZA.

A palavra júbilo denota um estado de alegria exuberante, expansiva, ativa e sincera.

Se observarmos o conselho de Paulo aos Romanos, no capítulo 12, teremos uma noção do que isto significa, leiamos:

“O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor; alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração; comunicai com os santos nas suas necessidades, segui a hospitalidade; abençoai aos que vos perseguem; abençoai e não amaldiçoeis. Alegrai-vos com os que se alegram e chorai com os que choram”.

Ainda que neste mundo tenhamos aflições (Jo 16.13), em Cristo Jesus podemos ter alegria e nos regozijarmos Nele.

Como vimos na introdução desta lição, Lucas descreve inúmeros passagens utilizando as palavras alegria e júbilo, pois a vida do cristão deve ser vivida desta forma.

Podemos estar entristecidos por vários motivos, mas nossa maior motivação deve nos fazer pessoas alegres, vejamos o que Paulo nos ensina sobre este assunto:

“Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens”. (1 Co 15.19 – ARC)

Fomos criados para a eternidade e a Bíblia nos ensina a crer que viveremos tal eternidade com Cristo. Aleluia.

1.1 – Alegrar e exaltar

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais https://ebdcomentada.com

No primeiro capítulo, Lucas nos traz uma história a respeito do nascimento de João, o Batista.

Sua mãe, Isabel era estéril e eles já eram avançados em idade (vv. 7), mas, mesmo assim, o Senhor os escolheu para gerar o profeta mais importante depois de Jesus.

A Bíblia nos mostra que as mulheres não podiam ter filhos eram consideradas inferiores às outras (1 Sm 1) e constantemente oravam ao Senhor pedindo-lhe filhos.

Lucas nos mostra que quando o anjo apareceu a Zacarias, falou-lhe que Deus havia ouvido sua oração, vejamos:

“E aconteceu que, exercendo ele o sacerdócio diante de Deus, na ordem da sua turma, segundo o costume sacerdotal, coube-lhe em sorte entrar no templo do Senhor para oferecer o incenso. E toda a multidão do povo estava fora, orando, à hora do incenso. Então, um anjo do Senhor lhe apareceu, posto em pé, à direita do altar do incenso. E Zacarias, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele. Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João. E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento…” (Lc 1.8-14 – ARC)

Imaginem um casal, já adiantado em idade, assim como eram Abrão e Sara, recebendo de um anjo a notícia de que teriam um filho. A notícia foi tão assustadora que Zacarias teve dificuldades para crer e, como Deus conhece o âmago do nosso ser, o anjo disse a ele que ficaria mudo, pois não acreditara na notícia que recebera.

Zacarias ficou atordoado, mas quando o menino João nasceu ele louvou ao Senhor com todas as palavras possíveis, vejamos:

“E completou-se para Isabel o tempo de dar à luz, e teve um filho. E os seus vizinhos e parentes ouviram que tinha Deus usado para com ela de grande misericórdia e alegraram-se com ela. E aconteceu que, ao oitavo dia, vieram circuncidar o menino e lhe chamavam Zacarias, o nome de seu pai. E, respondendo sua mãe, disse: Não, porém será chamado João. E disseram-lhe: Ninguém há na tua parentela que se chame por este nome. E perguntaram, por acenos, ao pai como queria que lhe chamassem. E, pedindo ele uma tabuinha de escrever, escreveu, dizendo: O seu nome é João. E todos se maravilharam. E logo a boca se lhe abriu, e a língua se lhe soltou; e falava, louvando a Deus”. (Lc 1.57-64 – ARC)

De acordo com o Dicionário Priberam, a palavra exultar tem o seguinte significado:

e·xul·tar (latim exulto, -are, saltar, pular, estar possuído de um sentimento, exultar)

  1. Sentir grande prazer.
  2. Ter grande alegria.
  3. Manifestar grande contentamento.

Este foi o sentimento experimentado por Zacarias e Isabel.

1.2 – Saltar e rir

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais https://ebdcomentada.com

O versículo 44 do capítulo 1 de Lucas nos diz o seguinte:

“Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre”.

Este texto nos mostra a reação da criança que estava no ventre de Isabel ao ouvir a voz de Maria, mãe de Jesus.

Vejamos o que o Teólogo Alemão Fritz Rienecker comenta sobre esta passagem:

“Muito antes de Maria relatar qualquer coisa acerca da revelação maravilhosa que obtivera e do motivo de sua viagem, Isabel reconhece, pelo Espírito, não apenas que Maria recebeu uma revelação, mas também que aquilo que lhe fora anunciado já começara a concretizar-se em e com Maria. Isabel sabe que o fruto de seu corpo também será grande perante o Senhor, porém ela reconhece com alegria que o fruto do ventre de Maria precisa ser exaltado acima de todas as pessoas abençoadas. Por essa razão, ela cumprimenta a mui ditosa mãe, Maria, como a mais ditosa, isto é, a mais abençoada dentre todos os humanos. Isabel, a venerável e idosa peregrina, curva-se humildemente diante de seu Senhor. Não apenas diante de seu Senhor, mas igualmente diante da mãe dele, essa serva juvenil e humilde! Depreendemos isso das palavras: “E de onde me provém que me venha visitar a mãe do meu Senhor?” Com que ausência de inveja ela que, afinal, também é abençoada consegue alegrar-se com aquela que foi abençoada com graça maior! Cheia de bendita submissão, ela concede a honra a Maria, como se a mãe de um rei tivesse chegado a um de seus mais ínfimos súditos. No reino de Deus é regra que sempre o maior vai ao menor. O Senhor do céu vem ao grão de pó e habita com ele. “E serás bem-aventurada, tu que creste”, continua Isabel. Essa é a primeira bem-aventurança do NT, raiz e soma de todas as subsequentes. Ao que parece, Isabel pensa com dor na incredulidade de seu marido, e como o Senhor o puniu por isso. Com que diferença Zacarias havia entrado em casa naquela ocasião! Em contrapartida, que saudação jovial Maria traz ao chegar agora até ela, como uma criança feliz. Sim, bem-aventurado aquele que crê! Essa é a norma, a constituição da nova aliança: “Quem crer será bem-aventurado.” Essa bem-aventurança da fé vinda de lábios experientes – que fortalecimento da fé ela contém! Que confirmação e fomento recebe aqui a fé de Maria! Em primeiro lugar há essa maravilhosa coincidência entre a saudação de Isabel e do anjo. Não parece que Isabel fala como se ela mesma tivesse estado presente na saudação do anjo? Essa surpreendente semelhança das palavras – acaso não estão assinalando que ambos sorvem da mesma fonte, a saber, do Espírito Santo, que proporciona aos anjos e profetas luz e verdade? E na sequência – Isabel sabe de tudo, antes que Maria lhe diga qualquer palavra. O anjo havia falado a Maria acerca de um rei, de algo santo, e até mesmo do Filho de Deus. Agora Isabel a saúda como mãe de seu Senhor. Que convergência precisa”!

Será que temos nos comportado como estas mulheres, ou será que os problemas desta vida tem destruído a alegria do Senhor em nossa vida?

Muitas pessoas dizem que o exagero no tocante a alegria demonstra falsidade, pois não é possível ser tão alegres, mas a Bíblia nos diz o contrário, vejamos:

“Disse-lhes mais: Ide, e comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque esse dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto, não vos entristeçais, porque a alegria do SENHOR é a vossa força”. (Ne 8.10 – ARC)

Se o Senhor está em nós, através do Espírito Santo, a alegria Dele é nossa força.

Alegrar e exultar são sentimentos que devem ser vivenciados pelos cristãos com frequência.

Sejamos fortes e alegres.

1.3 – Louvores e cânticos

Evangelista Leonardo Novais de Oliveira

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada