Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

Betel Adultos – 3º Trimestre de 2019 – 08-09-2019 – Lição 10: Acerca do fim dos tempos

05/09/2019

Esse post é assinado por Leonardo Novais de Oliveira

TEXTO ÁUREO

“E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória”. (Lc 21.27)

TEXTO DE REFERÊNCIA

Lc 21.31-35

  1. Assim também vós, quando virdes acontecer essas coisas, sabei que o Reino de Deus está perto.
  2. Em verdade vos digo que não passará esta geração até que tudo aconteça.
  3. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não hão de passar.
  4. E olhai por vós, para que não aconteça que o vosso coração se carregue de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia.
  5. Porque virá como um laço sobre todos os que habitam na face de toda a terra.

OBJETIVOS DA LIÇÃO

  • Apresentar o sermão escatológico de Jesus no Evangelho de Lucas;
  • Apontar advertências e garantias sobre o fim dos tempos;
  • Ensinar quais são as atitudes exigidas dos discípulos de Cristo ante a expectativa do fim.

INTRODUÇÃO

Caros irmãos (ãs), Paz do Senhor.

Aprenderemos nesta lição sobre um dos assuntos mais complexos da Bíblia, a escatologia.

A palavra escatologia vem do grego (eskatos: últimas coisas e logia: estudo), ou seja, escatologia é o estudo das últimas coisas ou das coisas que acontecerão por último.

A porção bíblica que mais fala sobre este assunto é o Apocalipse. O nome Apocalipse vem do grego “apocalypsis” e do latim “revelatio”, que significa revelar, expor à vista e, de uma forma metafórica, descobrir uma verdade que se achava oculta.[1]

De forma simples, tudo aquilo que aconteceu após a morte de Jesus está de certa forma ligada ao fim.

Vejamos o que o livro do Apocalipse nos ensina sobre este assunto:

“Escreve as coisas que tens visto, e as que são, e as que depois destas hão de acontecer” (AP 1.19 – ARC)

O escritor do Apocalipse (Revelação) foi o discípulo João e o Senhor, após revelar-se a ele em visão ou arrebatamento de sentidos, o orientou a escrever as coisas que ele havia visto antes de receber do Senhor as revelações, as que estavam acontecendo e também aquelas que lhe seriam reveladas para acontecerem no futuro. Desta forma, João escreveria sobre o passado o presente e o futuro e foi exatamente isto que aconteceu.

Analisando a Bíblia Sagrada e também a história, observamos que existem antagonismos em vários assuntos, a saber, o bem e o mal, o bom e o ruim, o dia e a noite, o sol e a lua, o início e o fim.

Como Deus é onisciente, antes mesmo da fundação do mundo Ele já havia traçado a história deste mundo e é interessante que Ele deixa isto bem claro na primeira profecia bíblica, leiamos:

“E porei inimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”. (Gn 3.15 – ARC)

Este texto faz menção ao futuro que estava reservado para satanás que fora aquele que enganou Adão e Eva.

O nascimento de Jesus concluiu esta profecia, pois a antiga serpente; satanás; foi derrotada na cruz do calvário.

O mais interessante desta história é que haverá o fim de todas as coisas e o Senhor já preparou um desfecho para o homem e para satanás e, aqueles que forem fieis até o fim, serão salvos.

Aguardemos, pois, este grande dia.

1 – O SERMÃO ESCATOLÓGICO

O texto escrito por Lucas no capítulo 21, do versículo 5 ao 36 está relacionado a nação de Israel e é dividido em dois períodos, sendo que grande parte dos teólogos acreditam que o primeiro refere-se a um tempo pouco após a morte e ressurreição de Jesus, onde Jerusalém foi destruída, juntamente com o Templo do Senhor (ano 70 d.C.) e um tempo futuro que não sabemos quando acontecerá, leiamos:

“E perguntaram-lhe, dizendo: Mestre, quando serão, pois, essas coisas? E que sinal haverá quando isso estiver para acontecer? Disse, então, ele: Vede que não vos enganem, porque virão muitos em meu nome, dizendo: Sou eu, e o tempo está próximo; não vades, portanto, após eles. E, quando ouvirdes de guerras e sedições, não vos assusteis. Porque é necessário que isso aconteça primeiro, mas o fim não será logo. Então, lhes disse: Levantar-se-á nação contra nação, e reino, contra reino; e haverá, em vários lugares, grandes terremotos, e fomes, e pestilências; haverá também coisas espantosas e grandes sinais do céu. Mas, antes de todas essas coisas, lançarão mão de vós e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e às prisões e conduzindo-vos à presença de reis e governadores, por amor do meu nome”. (Lc 21.7-12 – ARC – grifo nosso)

Este texto nos fala da perseguição que os judeus sofreram na época do imperador Nero e Tito que culminou com a destruição do Templo e de Jerusalém no ano 70 d.C.

A segunda parte do texto, que se encontra a partir do versículo 25 até o 28, nos fala sobre os acontecimentos futuros que não sabemos quando acontecerão e, como já mencionamos, estão ligados a Israel, leiamos:

“E haverá sinais no sol, e na lua, e nas estrelas, e, na terra, angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas; homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo, porquanto os poderes do céu serão abalados. E, então, verão vir o Filho do Homem numa nuvem, com poder e grande glória. Ora, quando essas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai a vossa cabeça, porque a vossa redenção está próxima”. (vv 25-28 ARC)

Observemos que o texto é claro e diz que após os acontecimentos citados, os judeus verão vir o Filho do Homem numa nuvem e esta passagem é conhecida como a “segunda vinda de Cristo”.

Vejamos o que o profeta Zacarias fala a este respeito:

“E, naquele dia, estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele, para o sul. E fugireis pelo vale dos meus montes ( porque o vale dos montes chegará até Azel ) e fugireis assim como fugistes do terremoto nos dias de Uzias, rei de Judá; então, virá o SENHOR, meu Deus, e todos os santos contigo, ó Senhor. E acontecerá, naquele dia, que não haverá preciosa luz, nem espessa escuridão. Mas será um dia conhecido do SENHOR; nem dia nem noite será; e acontecerá que, no tempo da tarde, haverá luz. Naquele dia, também acontecerá que correrão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas até ao mar ocidental; no estio e no inverno, sucederá isso. E o SENHOR será rei sobre toda a terra; naquele dia, um será o SENHOR, e um será o seu nome”. (Zc 14.4-9 – ARC)

Este será o dia em que Israel reconhecerá que Jesus, que foram crucificado, é o Messias prometido.

O mundo inteiro estará contra Israel e quando a destruição for iminente, eles olharão para as nuvens e verão vir do céu o Rei dos Reis e Senhor dos Senhores, aleluia.

A primeira aparição de Jesus será para sua Igreja e os povos não o verão, mas a segunda, que será para Israel será vista por todo o mundo.

O livro do Apocalipse descreve a segunda vida, vejamos:

“E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro e julga e peleja com justiça. E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito que ninguém sabia, senão ele mesmo. E estava vestido de uma veste salpicada de sangue, e o nome pelo qual se chama é a Palavra de Deus. E seguiam-no os exércitos que há no céu em cavalos brancos e vestidos de linho fino, branco e puro. E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-poderoso. E na veste e na sua coxa tem escrito este nome: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES”. (Ap 19.11-16 – ARC)

Compare este texto com o texto escrito por Lucas no capítulo 21 a partir do versículo 25 e observe a maravilha de um Deus que conhece TODAS as coisas.

1.1 – O interesse escatológico

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais https://ebdcomentada.com

Para compreendermos este tópico precisamos ler o que Paulo escreve aos Coríntios, no capítulo 15 e versículo 19, vejamos:

“E se o fato de sermos cristãos só tem valor para nós nesta vida, então somos as criaturas mais infelizes” (BV).

Este versículo nos mostra que o conteúdo da Bíblia é escatológico, ou seja, nos estão esperando acontecimentos futuros que culminarão com a eternidade vivida com Cristo no céu ou com satanás no inferno.

Sendo assim, precisamos estudar com afinco este tema, ainda que o mesmo pareça ser profundamente complexo.

Nos dias atuais, existem livros que podem explicar as difíceis passagens apocalípticas tanto para os leigos como para aqueles que detém conhecimentos aprofundados.

A leitura da Palavra acompanhada de livros de qualidade (dicionários, enciclopédias, concordâncias), nos faz adquirir conhecimentos que nos auxiliarão a viver uma vida como o Senhor quer, bem como a ensinar outras pessoas o caminho em que elas devem andar.

É inadmissível um cristão não investir em seu crescimento e é muito triste ver pessoas sendo ludibriadas por falsos profetas por não conhecerem o que a Bíblia realmente nos ensina.

Neste momento eu lhes convido a fazer uma retrospectiva nos últimos 10 anos de sua vida cristã. Quantas vezes você já leu a Bíblia toda? Quantas traduções bíblicas você possui? Quantos livros existem em sua biblioteca?

Existe uma frase que diz que “conhecimento é vida” e eu me arrisco a dizer que conhecimento pode ser vida ou morte, depende do que você aprende.

Desta forma, façamos como Pedro nos convida, cresçamos na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo (2 Pe 3.18).

1.2 – Diversos acontecimentos

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais https://ebdcomentada.com

Conforme estudamos no tópico 1, Lucas, Mateus e Marcos descrevem os acontecimentos descritos por Jesus para mostrar aos judeus o que havia de acontecer.

Como já explicamos estes acontecimentos, não faremos outros comentários sobre este assunto, mas lhe convidamos a ler o que Mateus, Marcos e Lucas escrevem sobre o mesmo assunto nos evangelhos que levam seus nomes e são conhecidos como “Sinóticos”, cuja palavra é traduzida como “a mesma visão”.

Os evangelhos sinóticos são três relatos da vida de Jesus, que estão na Bíblia. Esses são os três primeiros livros do Novo Testamento: Mateus, Marcos e Lucas. O evangelho de João não é considerado um evangelho sinótico porque é bastante diferente dos outros três.

“Sinótico” significa “a mesma visão”. Os três primeiros evangelhos são chamados de sinóticos porque têm muitos elementos em comum. Cada um dos evangelhos sinóticos apresenta a história de Jesus de maneira parecida. Os três têm mais ou menos a mesma estrutura e têm várias histórias repetidas.

Os evangelhos sinóticos contam os eventos e ensinamentos mais importantes da vida de Jesus. Eles mostram o que Jesus fez durante seu ministério e como ele salvou o mundo. Os três evangelhos sinóticos contam a mesma história, mas de perspectivas um pouco diferentes, acrescentando ou deixando de fora algumas partes de acordo com o objetivo do texto[2].

1.3 – Estudo comparativo

Evangelista Leonardo Novais de Oliveira

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos que mantemos uma parceria missionária com a EQUIPE SEMEAR, localizada na cidade de Uberaba – MG, que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada