Ensinando e fazendo Missões

Buscar no blog

Nossos Esboços Recentes

Betel Adultos – 2º Trimestre de 2019 – 19-05-2019 – Lição 7: O desafio atual das novas teologias e modismos

16/05/2019

Este post é assinado por Leonardo Novais de Oliveira

TEXTO ÁUREO

“Antes, crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja dada a

glória, assim agora como no dia da eternidade. Amém!” 2 Pe 3.18

TEXTO DE REFERÊNCIA

At 17.10-12 

At 17.10 – E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Vereia; e eles, chegando lá, foram à sinagoga dos judeus. 

At 17.11 – Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim. 

At 17.12 – De sorte que creram muitos deles, e também mulheres gregas da classe nobre, e não poucos varões.

OBJETIVOS DA LIÇÃO

  • Mostrar novas teologias e modismos;
  • Refutar à luz da Palavra essas teologias; 
  • Comparar as afirmações errôneas com a Palavra de Deus.

INTRODUÇÃO

Caros irmãos (ãs), Paz do Senhor.

O mundo está em constante mudança. As teorias científicas mudam a passos muito rápidos, em especial a medicina, pois o que era verdade e regra há 10 anos atrás, não é mais.

Em se tratando da Teologia, as mudanças não ocorrem de forma tão rápida, entretanto, quando acontecem, geralmente trazem prejuízos muito grandes.

Os últimos 50 anos trouxeram algumas mudanças na Teologia, incrementando modismos; pois quase todos passaram; que contribuíram de forma negativa para a fé do povo cristão.

Aprenderemos nesta lição, algumas destas mudanças e como as mesmas influenciaram e ainda influenciam o povo de Deus.

A regra do povo de Deus deve ser a Palavra, ou seja, a Bíblia, e tudo aquilo que acrescenta ou reflete opiniões contrárias a ela, deve ser refutado.

Algumas pessoas acreditam que as novas maneiras de interpretação pode trazer novas teologias, porém, existem regras claras na Hermenêutica (Princípios de Interpretação) que não abre pressupostos para opiniões pessoais e uma delas nos mostra que a Bíblia se auto interpreta.

1 – O PRAGMATISMO PENTECOSTAL

O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa conceitua a palavra “pragmatismo” como:

Doutrina que toma por critério da verdade o valor prático e se opõe ao intelectualismo. 

Outro conceito, apresentado pela Wikipédia, nos ensina que:

“Pragmatismo é uma corrente de ideias que prega que a validade de uma doutrina é determinada pelo seu bom êxito prático”.

Tal conceito é aplicado ao movimento filosófico norte-americano baseado em ideias de Charles Sanders Peirce 1839-1914e William James 1842-1910.

De forma prática, podemos afirmar que pragmatismo é um conceito que é firmado no “ver para crer”. Se der certo, está certo.

Tal conceito trouxe prejuízos terríveis para o ceio da Igreja no mundo todo, pois, pessoas despreparadas teologicamente e algumas completamente desviadas do Senhor, introduziram ondas que influenciaram milhões de pessoas ao redor do mundo.

A ênfase destes conceitos é: “Se der certo, Deus está conosco”, “Se está prosperando, é porque o Senhor está nos abençoando”.

Você conhece alguém que tem tal pensamento e não se baseia nas Escrituras Sagradas?

Que o Senhor nos dê discernimento e que busquemos o conhecimento da Palavra…

1.1 – Pragmatismo religioso e discipulado

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais https://ebdcomentada.com 

Como estamos escrevendo para crentes pentecostais, começaremos este tópico abordando um assunto que nos causa repulsa.

De alguns anos para cá, vários homens que se intitulam pregadores pentecostais tem se tornado verdadeiros animadores de plateia, desejando que a glória de Deus seja “sentida” pela igreja e utilizando os mais diversos artifícios para tal.

Paulo nos ensina que existiriam homens amantes de si mesmo, leiamos o texto:

“Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos; porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te”. (2 Tm 3.1-5 – grifo nosso)

Você conhece alguém que se enquadra nesta descrição?

Infelizmente em nosso meio existem homens que já perderam a visão do que é certo e estão cauterizados, desejando mais a aprovação dos homens do que a de Deus.

A Bíblia nos mostra que Jesus censurou os fariseus por orarem nas esquinas das sinagogas, com as mãos altas, para que aqueles que passagem os visse e dissessem, aqueles são homens de Deus, vejamos este texto:

“E, quando orares, não sejas como os hipócritas, pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão”. (Mt 6.5 – ARC)

Os fariseus foram chamados de “hipócritas”, ou seja, homens que usavam máscaras e não mostravam o que realmente eram. Tais homens eram verdadeiros atores e o Senhor disse que apesar de teoricamente estarem fazendo as coisas certas (orando), sua oração não havia sido ouvida por Deus, pois o que eles queriam era ser reconhecidos pelas pessoas que estavam passando pelas ruas, desta forma, Jesus lhes dá a sentença: “Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão”.

O galardão ou recompensa daqueles homens era serem reconhecidos pelos que estavam passando, somente…

Existem pregadores que querem ser aplaudidos pelos homens, apesar de isto não estar aparente, ou seja, não estar claro para quem não possui discernimento e quando o povo os aplaude, a recompensa já lhes foi entregue.

Existem alguns que insistem em pedir e em alguns casos, exigir que o povo glorifique a Deus, porém, o ato de glorificar a Deus é pessoal e associado a um sentimento de reconhecimento que Deus é poderoso e merece nossa adoração.

Leiamos um texto sobre este assunto:

“Por isso nós também, sem cessar, damos graças a Deus, porquanto vós, havendo recebido a palavra de Deus que de nós ouvistes, a recebestes, não como palavra de homens, mas (segundo ela é na verdade) como palavra de Deus, a qual também opera em vós que credes”. (1 Ts 2.13 – ARA)

Glorificar a Deus é algo natural quando Ele se faz presente.

Certo evento em uma região do país, por muito tempo abarcou tais pessoas, mas como o Senhor não se deixa escarnecer (Gl 6.7), o responsável pela Igreja AD desta região foi deposto e aparentemente o evento tomou outro rumo.

Precisamos compreender que a Bíblia é simples e nos mostra como devemos proceder em todas as coisas, em especial nas espirituais.

Precisamos urgentemente voltar às mensagens bíblicas e cristocêntricas, ou seja, mensagens onde o centro é Cristo, pois, muitos estão se perdendo por causa do pragmatismo que envolve a igreja.

A linha que divide o que é espiritual e o que é emocional é tênue e só pode ser fielmente discernido pelo Senhor e pela Sua Palavra, vejamos:

“Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração”. (Hb 4.12 – ARC)

Vejamos o que o Teólogo americano Normam Champlin comenta sobre este texto:

apta para discernir: O «homem interior», o «homem essencial», a «alma», é desnudado perante os olhos perscrutadores de Deus, mediante a instrumentalidade da Palavra. Não se trata meramente ’de um livro, de algumas declarações, de uma vibração de ondas sonoras. Aquilo que Deus diz em seu livro, através dos seus profetas, por meio de Cristo, no evangelho cristão, é ativado pelo Espírito, de modo a revelar, condenar e julgar, ou então dar promessa e abençoar, dependendo das condições espirituais do indivíduo. Desse modo a hipocrisia se desfaz, o engano é desmascarado. Algumas vezes o indivíduo nem compreende claramente seus motivos e intenções. Ficou auto iludido; pensa que é algo, quando ainda não é nada; imagina-se espiritual, quando ainda é carnal. A história abaixo ilustra o ponto. Certo homem foi hipnotizado; e, nesse estado, foi-lhe dito que ao despertar tomaria um vaso de flores da janela, o colocaria em um sofá e se prostraria perante o mesmo por três vezes. Era um ato totalmente irracional. Ao despertar, segundo ele mesmo contou, eis o que sucedeu: «Ao despertar, vi o vaso de flores ali; pensei que fazia frio e que seria bom que o vaso fosse esquentado para que a plantinha não morresse. Portanto, embrulhei-o em um pano. Como o sofá estava perto da lareira, coloquei ali o vaso. E me inclinei porque fiquei satisfeito comigo mesmo, por ter tido tão brilhante ideia. Isso mostra como um homem geralmente racionaliza os seus motivos, ocultando-os até mesmo de si próprio, embora esses é que façam dele o que é e o que pratica. A Palavra de Deus pode dar-nos real discernimento sobre os nossos motivos”.

Enquanto existirem tais “pregadores” fazendo discípulos, a Igreja estará sujeita aos mais diversos tipos de heresias, modismos e afins.

Como professores de EBD, precisamos ensinar aos alunos o que é certo, sem emocionalismos.

1.2 – O profeta bíblico

Proibida a cópia parcial ou total deste material – Sujeito a penas legais – https://ebdcomentada.com

De forma bíblica, profeta é aquele que traz Deus ao povo, ao contrário de sacerdote que é aquele que leva o povo a Deus.

Nos idos do A.T. os profetas prediziam o futuro, proclamavam bênçãos, castigos e condenações de Deus e estavam diretamente ligados ao povo de Israel.

Nos dias hodiernos, não existem mais profetas como havia nos tempos do A.T., pois a Bíblia nos mostra que Deus deu aos homens os dons espirituais, descritos por Paulo na sua primeira carta aos Coríntios, no capítulo 12 e 14.

Temos homens e mulheres que receberam de Deus o maravilhoso dom da profecia e, se lermos a Bíblia, verificaremos que o objetivo da mesma é claríssimo, leiamos:

“Segui a caridade e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar. Porque o que fala língua estranha não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala de mistérios. Mas o que profetiza fala aos homens para edificação, exortação e consolação. O que fala língua estranha edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja. E eu quero que todos vós faleis línguas estranhas; mas muito mais que profetizeis, porque o que profetiza é maior do que o que fala línguas estranhas, a não ser que também intérprete, para que a igreja receba edificação”. (1 Co 14.1-5 – ARC – grifo nosso)

Fica claro que a profecia tem a função de edificação, exortar e consolar.

Será que as “profecias” que alguns homens e mulheres estão “lançando” para os cristãos tem estas funções? Se a resposta for não, o que foi dito não é uma profecia e pode ser a voz do homem ou mulher que a disse ou até mesmo do diabo.

O profeta bíblico nos dias atuais é aquele que recebeu de Deus o dom da profecia e faz uso do mesmo para edificar, exortar e consolar aquele (s) que ouvirão a profecia.

Concluindo este tópico, deixemos claro que um número altíssimo de pessoas são ludibriadas ou enganadas por supostos profetas, por não estarem firmados na Palavra de Deus.

1.3 – A procura por profecias

Evangelista Leonardo Novais de Oliveira 

Para continuar lendo esse esboço CLIQUE AQUI e escolha um dos nossos planos!

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada

Postado por ebd-comentada


Acesse os esboços por categorias


Copyright Março 2017 © EBD Comentada