Buscar esboços

Nossos Esboços

Betel Adultos – 2º Trimestre de 2018 – 17/06/2018 – Lição 12: Nossas atitudes diante da Palavra de Deus

13/06/2018

Este post é assinado por Cláudio Roberto de Souza

TEXTO ÁUREO

Tiago 1:22

22 E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. (ARC)

TEXTO DE REFERÊNCIA

Tiago 1:21-25

21 Pelo que, rejeitando toda imundícia e acúmulo de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar a vossa alma.
22 E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.
23 Porque, se alguém é ouvinte da palavra e não cumpridor, é semelhante ao varão que contempla ao espelho o seu rosto natural;
24 porque se contempla a si mesmo, e foi-se, e logo se esqueceu de como era.
25 Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito. (ARC)

OBJETIVOS DA LIÇÃO

  • Enfatizar que Deus se comunica com o homem através da Sua Palavra;
  • Ressaltar nossa relação com a Palavra de Deus como medida da nossa relação com Deus;
  • Mostrar que devemos ter disposição em praticar a Palavra de Deus

INTRODUÇÃO

Paz seja convosco!

Após quase um mês ausente dos esboços da Betel classe adultos, pela graça e misericórdia de Deus estamos retornando.

Aproveito o espaço para ser grato ao irmão e amigo Leonardo Novais, evangelista da casa do Senhor, que durante este período supriu a mim e aos irmãos que utilizam nossos esboços, demonstrando disposição e esforço na obra do Senhor. Deus o abençoe ricamente (1Co 15.58).

Estamos nos aproximando do final de mais um trimestre e neste estudo de número 12, abordaremos a relação do cristão com o Livro de Deus, isto é, a Bíblia!

Para o cristão em Jesus Cristo, é a Palavra de Deus quem lhe dá o norte em sua caminhada rumo a presença final ao lado de Deus. É um Livro absoluto, cujas verdades são indiscutíveis e seu conteúdo infalível.

Robin Keeley afirma que a importância da Bíblia se destaca por ter sido o documento que moldou o desenvolvimento da civilização ocidental nos últimos 2 mil anos. Sem um bom conhecimento da Bíblia, é impossível compreendermos de forma inteligente o formato dessa civilização.

Mas nossa preocupação presente é entender o papel específico que a Bíblia tem dentro da fé cristã; como ela se encaixa dentro desta fé e da vida dos servos de Deus?

Neste esboço tentaremos responder esta e outras questões relacionadas a Palavra de Deus e o cristão.

1 – DEUS SE COMUNICA COM A HUMANIDADE

O artista e filósofo francês Augusto Rhodire, configura a seguinte questão: “Quem sou eu, de onde vim, porque estou aqui e para onde vou?”

Fica difícil para a nossa espécie saber tais mistérios. A não ser que Deus resolva revelar através da sua misericórdia, e assim Ele o fez, expondo na mesma aquilo que deveríamos conhecer a Seu respeito e a nosso próprio respeito também.

O Salmista nas suas profundas revelações chegou a questionar:

Salmos 8:5-8

5 Contudo, pouco menor o fizeste do que os anjos e de glória e de honra o coroaste.
6 Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés:

7 todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo;
8 as aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares. (ARC)

A primeira forma de comunicação entre Deus e o homem foi a comunicação verbal e as gerações passavam o conhecimento e revelações de Deus pelo método chamado de tradição oral.

Sempre houve a inclinação divina em se relacionar com o ser criado e desde o princípio, Deus nunca intencionou conduzir o homem de forma enganosa ou deixa-lo ao léu.

Nas Sagradas Escrituras, no livro da criação (Gênesis), o Senhor revela explicitamente um interesse amoroso em se comunicar com a Sua mais bela criação, tanto que encontramos o registro bíblico onde Ele orienta o homem como este deveria viver de forma agradável, concedendo-lhe responsabilidades e impondo restrições para que esta vida no Éden fosse uma vida de delícias na presença do Senhor (Gn 1.26,28-30; 2.16-17). 

Mesmo após a transgressão do pecado, Deus não relegou aqueles que fizera conforme a Sua imagem e semelhança a viverem ao acaso e a sua própria sorte, antes os conduziram ao caminho de reaproximação, partindo dEle mesmo esta atitude:

Gênesis 3:8

8 E ouviram a voz do SENHOR Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; (ARC)

Podemos concluir com certa naturalidade que este diálogo ao final do dia era comum entre o Criador e a criatura.

Ainda que o pecado tenha posto o primeiro casal na condição de culpados e se tornado um terror para eles (estavam com medo do Senhor), a ponto de fazê-los se esconder do Juiz de toda a terra, Matthew Henry explica que Deus se aproximou na viração do dia, isto é, não à noite, quando todos os medos são duas vezes mais assustadores, tampouco no calor do dia, pois Ele não veio no calor da Sua fúria, antes a “viração do dia“ revela quietude, Sua bondade e o Seu terno amor em simplesmente recuperar a relação quebrada pelo pecado cometido (grifo meu).

Mesmo sobre duras consequências impostas pela ocasião do pecado, Deus jamais permitiu que o Seu contato com o homem fosse de uma vez dissolvido! Ele proveu a concórdia e para isso dialogou com o homem.

1.1 – O Deus Criador se revelou

O primeiro capítulo e versículo de Hebreus, temos o apontamento do autor em nos informar de maneira sutil as formas pelas quais Deus se tem revelado a humanidade.

Hebreus 1:1

1 Havendo Deus, antigamente, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos, nestes últimos dias, pelo Filho, (ARC)

Grande parte dos estudiosos concordam com o formato abaixo de como Deus tem se revelado ao homem:

1 – Deus se revela através das obras da criação e providência. A natureza revela a existência de Deus e o Seu cuidado para com a criação também O manifesta – Sl 119.90-91; Rm 1.19-20;

Salmos 19:1-2

1 Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
2 Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite. (ARC)

2 – Deus se revela através de Jesus Cristo – Jo 8.19; 10.38; Cl 2.9

João 12:45

45 E quem me vê a mim vê aquele que me enviou. (ARC) 

Colossenses 2:9

9 porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade. (ARC)

3 – Deus se revela através das Escrituras Sagradas.

Como tema deste estudo, temos as Escrituras que é a declaração escrita que Deus determinou para se fazer conhecido aos homens conforme podemos ler em Romanos 16.25-26:

      Romanos 16:25-27

25 Ora, àquele que é poderoso para vos confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério que desde tempos eternos esteve oculto,
26 mas que se manifestou agora e se notificou pelas Escrituras dos profetas, segundo o mandamento do Deus eterno, a todas as nações para obediência da fé,
27 ao único Deus, sábio, seja dada glória por Jesus Cristo para todo o sempre. Amém! (ARC)

O pastor Marcos Sant’Anna enfatiza que tal estudo será direcionado na comunicação divina por meio de palavras, sejam orais ou escritas.

Seria difícil tentarmos compreender o mínimo de Deus se o mesmo não se fizesse conhecido pelas Escrituras, pois Ele é diferente de sua criação (Is 40.25-26).

Os atributos divinos o distinguem do ser criado (homem – gênero humano). Entendamos:

Quanto aos atributos incomunicáveis de Deus, isto é, atributos que lhe são exclusivos, o homem não participa deles, os tais são:

  • Deus é eterno e o homem perecível e mortal;
  • Deus é auto existente, o homem foi criado por Ele;
  • Deus é espírito e o homem é carne, é matéria;
  • Deus é imutável, o homem é mutável e instável;
  • Deus é infinito, o homem finito e transitório;
  • Deus é soberano, o homem dependente;
  • Deus é onipotente, o homem é impotente e frágil;
  • Deus é onisciente, o homem é alheio ao pleno conhecimento de tudo;
  • Deus é onipresente, o homem é limitado ao espaço;

Quanto aos atributos comunicáveis de Deus, estes o homem pode ser participante, porém enquanto Deus o é na Sua essência e na totalidade, o homem é em parte e de forma imperfeita. São eles:

  • Amor; bondade; misericórdia; sabedoria; justiça; santidade; veracidade; paz e outros!

Desta forma é a Bíblia, a Palavra de Deus que molda a nossa mente finita e debilitada para compreender, ainda que de maneira restrita, o Deus Criador.

Ele definiu que através da Sua Palavra se faria conhecido, pois nela e através dela se revelaria ao homem através dos seus atributos!

Por Cláudio Roberto de Souza

Para continuar lendo CLIQUE AQUI

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e continuar estudando a lição conosco…

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada