Buscar esboços

Nossos Esboços

Betel Adultos – 1º Trimestre de 2018 – 07/01/2018 – Lição 1: O livro de Levítico

02/01/2018

Este post é assinado por Cláudio Roberto de Souza

TEXTO ÁUREO 

  • Levítico 1:1
    1 E chamou o SENHOR a Moisés e falou com ele da tenda da congregação, dizendo: (ARC)
     

TEXTO DE REFERÊNCIA 

  • Romanos 7:7-8,10-12
    7 Que diremos, pois? É a lei pecado? De modo nenhum! Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás.
    8 Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, despertou em mim toda a concupiscência: porquanto, sem a lei, estava morto o pecado.
    10 e o mandamento que era para vida, achei eu que me era para morte.
    11 Porque o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, me enganou e, por ele, me matou.
    12 Assim, a lei é santa; e o mandamento, santo, justo e bom. (ARC

INTRODUÇÃO

Paz seja convosco nobres irmãos!

Mais um ano se inicia e tendo a Palavra de Deus conosco temos a certeza que não somente iremos longe, mas que principalmente chegaremos ao lugar determinado por Deus em nossas vidas em 2018!

Neste primeiro trimestre, estudaremos algumas particularidades do livro de Levítico; a terceira obra literária contida na Bíblia ou ainda o terceiro livro do Pentateuco (grego), isto é, o compêndio dos cinco primeiros livros da Bíblia. Para os judeus, os mesmos cinco livros compreendem a sua Torá (hebraico), sendo eles: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio.

Este livro é a continuação do início do relacionamento histórico de Deus com o seu povo, Israel.

  • Em Gênesis, mostra a eleição divina – Um povo escolhido por Deus: Ele chama Abrão de Ur dos Caldeus e lhe faz promessas (Gn 12.1-2);
  • Em Êxodo, mostra a libertação divina – Um povo libertado por Deus: Ele liberta este povo (naquela ocasião, cativos no Egito), com demonstrações maravilhosas de poder, a fim, de conduzi-los a terra da promessa;
  • Levítico mostra o culto divino – o modo pelo qual podemos adorar a Deus, entrando na Sua presença: Se em Êxodo temos a história da redenção de um povo da servidão, em Levítico temos a narração de como um povo redimido pode aproximar-se de Deus pela adoração.
  • Deuteronômio, mostra as bênçãos pela obediência e as maldições pela desobediência a Deus: Ele ordena a repetição das leis para que o povo pudesse ter vida!

Foi Deus quem comunicou o conteúdo do livro de Levítico a Moisés enquanto os israelitas estavam acampados no monte Sinai e a tradição judaica atribuiu a autoria principal do livro a ele.

Levítico declara que Deus repetidamente transmitiu leis específicas para Moisés (Lv 1.1; 4.1; 6.1). Um fato confirmado no Novo Testamento (Rm 10.5).

Obviamente que os sacerdotes e os levitas debruçavam-se sobre as linhas de Levítico, como também o povo comum que participou do Êxodo e da subsequente peregrinação pelo deserto. Sem dúvida, as gerações posteriores dos israelitas também estudaram o livro com a finalidade de aprender as leis de Deus para a adoração e as práticas sacrificiais e também para se lembrar do chamado para ser seu povo santo numa relação de aliança para com Ele!

Sobre isso, Duane Lindsey afirma: “Levítico era o primeiro livro estudado pelas crianças judias; no entanto, com frequência, é o último dos livros da Bíblia a ser estudado pelos cristãos. Todavia, um livro citado por cerca de quarenta vezes no Novo Testamento deveria revestir-se de grande significado para todo o crente do Novo Pacto. Mesmo desconsiderando o sentido dos tipos dos sacrifícios de Levítico, este livro contém extensas revelações acerca do caráter de Deus — mormente de sua santidade, de Seu amor selecionador e de Sua graça. Ademais, provê ricas lições acerca da vida santificada que Deus espera de Seu povo. Muitas passagens do Novo Testamento, incluindo alguns conceitos-chaves da epístola aos Hebreus, não podem ser devidamente avaliadas se não tivermos um claro entendimento de suas contrapartidas no livro de Levítico”.

1 – LEVÍTICO: MANUAL DE SANTIDADE

Deus estabeleceu um povo, uma nação, para ser exclusivamente Sua.

  • Êxodo 19:5-6
    5 agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes o meu concerto, então, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha.
    6 E vós me sereis reino sacerdotal e povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel. (ARC)

No monte Sinai, a este povo, deu Leis vindas do céu para que por elas fossem regidos.

Embora toda a terra fosse e é de Deus, o Senhor propõe que este povo em especial (Israel) fosse Dele; Sua propriedade peculiar e faria deste povo um reino, não como os outros que já existiam, mas um reino sacerdotal. Israel serial um reino, onde o Rei seria o próprio Deus, seria uma teocracia e o todo o povo de Israel seriam sacerdotes; fariam a mediação entre Deus e a humanidade. Israel seria uma nação intercessora que deveria conduzir todas as outras nações a presença de Deus. Israel Aceitou esse encargo.

  • Êxodo 24:3
    3 Vindo, pois, Moisés e contando ao povo todas as palavras do SENHOR e todos os estatutos, então, o povo respondeu a uma voz. E disseram: Todas as palavras que o SENHOR tem falado faremos. (ARC)

A palavra chave de Levítico é “SANTIDADE”. Ela aparece 87 vezes no livro e o versículo chave está em Lv 19.2:

1TBA2018L1b

  • Levítico 19:2
    2 Fala a toda a congregação dos filhos de Israel e dize-lhes: Santos sereis, porque eu, o SENHOR, vosso Deus, sou santo. (ARC)

1.1 – O livro da lei de Deus

Gosto muito do que diz Norman Champlin quando introduz o livro de Levítico e afirma que este livro expõe um conjunto de leis e regulamentos que devem ser seguidos pelos israelitas como condição para que Jeová habite no meio deles. Com esse propósito o livro apresenta uma série de leis cultuais, civis e morais. Outros assuntos, como relações sociais, higiene e medicina, são trazidos a esfera da religião nesse livro. Levítico 26.11 e 12 asseguram que o povo desfrutará da companhia de Jeová se obedecer a Seus estatutos e guardar Seus mandamentos. Portanto, o objetivo de Levítico era regular a vida nacional em toda a sua conduta e consagrar a nação de Israel a Deus.

O título “Levítico” sugere o tema do livro – os levitas, os sacerdotes e as suas funções no Tabernáculo. Mas Levítico é também chamado: “O Livro das Leis” e como vimos acima o seu principal tema é Santidade!

O Livro de Levítico é riquíssimo em detalhes de como o culto deveria ser realizado, as ofertas, os sacrifícios, o zelo e os cuidados especiais para com o Tabernáculo, o comportamento dos ministros, a adoração que é aceita pelo Senhor e outros pormenores.

Levítico é oportuno porque insiste em que devemos manter o corpo santo, do mesmo modo que a alma. Ensina que os remidos devem ser santos porque o Redentor é santo.

Ao nos mostrar a possibilidade de um viver santo, Levítico vai ainda além daquilo que é especificamente espiritual e como disse Champlin e torno a repetir, nos surpreende com lições importantes de higiene e saúde do corpo. Os próprios judeus tornaram-se uma comprovação maravilhosa do resultado disso em sua vida longa e vigorosa.

A Lei foi o padrão de vida dos judeus e até hoje, esta, permeia o seu comportamento. Em Levítico, a Lei se destaca por apresentar um caráter espiritual bem definido principalmente do culto a ser oferecido a Deus em suas formas e que serve de exemplo para a Igreja.

Levítico ensina que existe um padrão divino para o culto, para a adoração, uma forma estabelecida por Deus, e não compete ao homem mudar, mas sim se adequar ao modo prescrito pelo Senhor. Se no passado Ele não aceitava o culto de formato modificado (Is 1.14; 29.13), hoje também não!

Mesmo que o verdadeiro Deus seja o alvo do nosso culto, podem existir problemas que tornam o nosso culto desagradável e formal aos seus olhos e por isso é sábio observamos os valores que Ele mesmo especificou para que possamos não somente nos dirigirmos a Ele, mas termos o coração nEle e termos o nosso culto e adoração aceitos por Ele.

O culto pode ser carnal e não ter nele nada espiritual!

  • Levítico 10:1-2
    1 E os filhos de Arão, Nadabe e Abiú, tomaram cada um o seu incensário, e puseram neles fogo, e puseram incenso sobre ele, e trouxeram fogo estranho perante a face do SENHOR, o que lhes não ordenara.
    2 Então, saiu fogo de diante do SENHOR e os consumiu; e morreram perante o SENHOR. (ARC) 

O texto acima menciona que Nadabe e Abiú, filhos de Arão e sacerdotes do Senhor, entraram na presença de Deus trazendo fogo estranho. Entende-se que foi um fogo que não veio do altar aceso pelo fogo sobrenatural (Lv 16.12). Seguiram seus próprios impulsos em desobediência. Agiram como egoístas e não discerniram que o Senhor tem seus próprios métodos anteriormente revelados. O espírito de Nadabe e Abiú é o espírito de certos grupos do protestantismo hoje em dia, trazendo inovações e formalidades ao culto, totalmente alheias ao evangelho de Cristo.

Em tempos de banalização, relaxamento ou desmazelo e de muitas ocorrências de irreverência na liturgia de nossos cultos, Levítico nos leva a profunda reflexão sobre a seriedade de como o culto deve ser realizado, de que Deus não aceita qualquer rito ou tão pouco ignora os exageros e atrevimentos que muitas vezes temos assistido.

A Confissão de Fé de Westminster no Capítulo 21, parágrafo 1, diz: “…a maneira aceitável de se cultuar o Deus verdadeiro é aquela instituída por Ele mesmo, e que está bem delimitada por Sua própria vontade revelada, para que Deus não seja adorado de acordo com as imaginações e invenções humanas, nem com as sugestões de Satanás, nem por meio de qualquer representação visível ou qualquer outro modo não prescrito nas Sagradas Escrituras.” 

Paulo orienta a Igreja de Corinto, quanto as reuniões cultuais citando o texto abaixo:

  • 1 Coríntios 14:26
    26 Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação. (ARC)
  • O salmo representa adoração a Deus;
  • A doutrina corresponde aos ensinamentos contidos em Sua Palavra;
  • A revelação, língua e interpretação são exemplos de manifestações espirituais durante o culto!

Enquanto o seu povo O adora, também são edificados nEle!

Ainda se acrescenta que o culto de adoração a Deus se desenvolve na esfera do espírito (Jo 4.23-24), e em ser cheio de louvores e gratidão a Deus (Cl 3.16)!

Cultuamos a Deus na santificação do nosso corpo, oferecendo-o como oferta viva de boa vontade ao Senhor, e não meramente uma atividade ritualizada, formal ou mecânica, mas que há a participação do coração, da mente e da vontade do serviço obediente, sendo estes o princípio da razão aqui proferida (Rm 12.1).

Nossos cultos não devem ser praticados de acordo com a nossa vontade, onde a nossa adoração é apenas uma questão de gosto ou conveniência próprios. Se o nosso desejo é satisfazer a Deus, também não podemos omitir a Bíblia, pois ela não apenas contém a verdade revelada de Deus para conosco, como ela é a própria verdade. 

Sermos obedientes a ela é sem dúvidas o melhor culto que podemos a Deus oferecer!

Por Cláudio Roberto

COMUNICADO IMPORTANTE

É com muita alegria que nos dirigimos a você informando que a EBD Comentada já está disponibilizando os planos de assinaturas para que você possa continuar a usufruir dos nossos conteúdos com a qualidade já conhecida e garantida.

CLIQUE AQUI para continuar estudando a lição conosco…

 

vantagens

Informamos também que conquistamos uma parceria missionária com os seguintes trabalhos evangelísticos:

  • Equipe Semear – Localizada na cidade Uberaba – MG e que realiza relevante trabalho de evangelismo na própria Uberaba e região;
  • Equipe Exército da Última Hora – Localizada na cidade de Porto Velho – RO – e que também executa o mesmo trabalho tanto na capital de Rondônia como nos arredores.

CLIQUE AQUI para ser nosso parceiro missionário e ainda continuar estudando a lição conosco…

Decidimos unir o Ensino com Missões e assim, alavancar recursos financeiros para contribuir com esses projetos.

Cada um de nós poderemos contribuir com o site ebdcomentada.com e com as obras de missões citadas, realizando o cadastro como assinante e escolhendo o plano que achar conveniente.

Optamos por oferecer valores acessíveis para que todos continuem a desfrutar dos nossos esboços e ao mesmo tempo AJUDAR a obra missionária, portanto a EBD Comentada, juntamente com você estará ao mesmo tempo ENSINANDO e FAZENDO MISSÕES.

Contamos com a ajuda de todos para mantermos este trabalho que tem auxiliado milhares de professores no Brasil e no mundo.

“Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mt 28.19 – ARC).

Qualquer dúvida referente aos planos ou mesmo depois de adquiri-lo, surgir algum problema, entre em contato conosco (contato@ebdcomentada.com.br)

Deus lhe abençoe ricamente!!!

Equipe EBD Comentada


Comentários

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado


Copyright Março 2017 © EBD Comentada